Seguidores

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Canção em busca da centelha de alma !

Meu corpo em chamas, sinto a solidão das trevas .. quantos inefáveis segredos nesta eternidade de fantasma.
Canso -me .. entrego-me a meditação. Minhas ilusões .. tantos fantasmas a cerca-me .. Eu multiplicidade .. diversidade .. olho - me nu no espelho e num filme um velho poeta japonês o mesmo fez.
Subo montanhas , desço ladeiras ao inferno.
108 inexistência .. morte e vida .. meu corpo em chamas. Desilusão da não existência.
Entrego-me a meditação sem nenhuma ilusão.
Diante do deus infinito .. sem fé .. E buscando a fé que ainda esta adormecida no meu coração ... Meu corpo em chamas .. demônio que não existe ..
Inúmeras existência trocas de corpo, segredos indizíveis na cansativa tentativa de alcançar o poema perfeito .. Eu imperfeição.
Meu corpo em chamas na busca de fazer nascer minha alma. Desço as escadas do inferno.
Pássaro sem asas  meu corpo em chamas tento alcançar Sophia ...

Joka
João Carlos Faria

Nenhum comentário: