Seguidores

domingo, 5 de fevereiro de 2017


A violência desinformada das redes sociais me afugenta

O que é a poesia uma ilha cercada de um oceano
de imagens e sons.
O poeta Moraes numa conversa regada a lanche e suco de papoulas azuis em
um restaurante vegetariano da cidade me falou do poeta Keneth Goldsmith.
Em terras Valeparaibanas a poesia transborda em nossos olhares. Chacal em
um sinal de fumaça me avisa de um livro de poemas "poesias reunidas de oswald de andrade"
e o poema de Ricola “ Canoa de Ossos “ não sai de meu coração. Já o li em uma Radio Aguapé.
A poesia não é ilha é metafisica que nunca alcanço embora lancei um bote salva vidas
e tento ir além do horizonte. Quem manda ter ouvido Roberto Carlos .. A vida é curta
e um canal de TV.
Ando meio desligado e desplugado de redes sociais. É melhor silenciar … Fernando Selmer
e suas magicas experiencias do concretismo transformada em camisetas surpreende-me. A
matéria sobre ele na revista Entrementes vale ser lida e relida.
Poesia concreta !?
Só realizei um poema … a vida se esvai .. chego a madrugada ... Keneth Goldsmith … Ricola … Moraes … Selmer ..
E não sei lançar sinais de fumaça ,,, nem dançar o boi … Toninho Macedo .. falou do folclore
braSileiro na única vez que fui a USP.
E O tambor .. o batuque .. o samba me incendeia .. as artes plásticas … não vou a lugar nenhum sem
arte … esta em toda a parte … A violência desinformada das redes sociais me afugenta .. mas
tem antenas ligadas a poesia de Nydia Bonetti .. Edu Planchez .. pindorama …
Maculelê .. Sou caipira …
Minha antropofagia ,,, Keneth Goldsmith …
E a Câmara lotada … Por onde anda Edu Gair .. virou canção … Seremos pó ..
quero reler o Eclesiastes …
Poeta não é titulo .. a poesia .. esta marcada na alma. Mesmo no cinza das redes sociais.
SERES com suas antenas … mal conectadas .. sintonizam o universo.
Uma frase modificada de Cassiano Ricardo no inicio do texto.
Quem é marginal e afinal cade a terceira margem.
A cidade .. suicida-se ao se negar a arte. Temos fome de utopia.
Almas vazias .. na desilusão capitalista ..
Quando nascera algo novo !
Lindas canções de Juliano Maurer .. e suas bandas ..
A cidade .. suicida-se ao se negar a arte. Temos fome de utopia.


Joka

João Carlos Faria

Nenhum comentário: