Seguidores

domingo, 26 de fevereiro de 2017


Não sou partidária sou Brasileira!
Naira Fernandes

É um belo debate filosófico. A estrutura política de nossa sociedade é toda organizada em partidos políticos. O estado é uma invenção um pacto social. A escola, família, classes sociais. Mas a humanidade se permite chegar a novas utopias?
Iremos viver sempre neste embate de direita e esquerda?
Todo sabe que tem uma taxa de corrupção e irá acabar com a operação lava jato?
Estou iniciando a leitura de Ivan Ele que prega o fim da escola.
A escola serve para manter o status quor ?
Que sistema é este que acabamos sendo coniventes por nossa omissão.
A política é um ato cotidiano no dia a dia e não só uma pratica institucional.
De sindicatos , partidos políticos , estruturas sociais.
Direita e esquerda se encontram na madrugada se amam loucamente.
Enquanto o povo na senzala carrega pedras.
Sem conhecimento sem sabedoria iremos permanecer na escravidão.
Estamos em um sistema alienante, brutal.
Só com ousadia e transformação individual se rompe os grilhões e sairemos
da caverna.  
Joka
João Carlos Faria

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Redescoberto romance de Walt Whitman
Life and Adventures of Jack Engle: An Auto-Biography; in Which the Reader Will find Some Familiar Characters é o título de uma novela publicada em fascículos nas páginas de um jornal norte-americano, em 1852. O seu autor permaneceu anónimo durante 165 anos

          Em nota no Globo News Literatura desta sexta – feira de carnaval. Foi redescoberto um romance
do bardo dos bardos Walt Whitman !
Literatura em festa , mas o poeta não estaria.É uma obra renegada pelo
autor. Como mestres nunca são esquecidos celebremos sua arte de viver
e escrever.
Nos meros mortais que não criamos o novo. Nos repetidores de formas literárias , mas
amantes do saber e do viver.
Sabedoria é para poucos seres humanos que alcançam. Imortalidade muito menos.
Walt WHITMAN imortal ... sábio !
Pai e criador e inspirador de gerações. Bardo !
Cantemos Whitman ...
Celebremos seus poemas !
Sempre influenciando gerações que vieram depois como a Geração Beat.
Seu livro Folhas de Relva lido e relido de forma apaixonante.
Assim como Fernando Pessoa e outros que nunca serão esquecidos pelas gerações e gerações
que vierem desta quase humanidade.  
Viva Walt Whitman !
Que seu verbo ecoe pelos séculos e séculos na eternidade.

Joka

João Carlos Faria
  

Fonte :
Globo News Literatura    
Fundação Walt WHITMAN
https://www.poetryfoundation.org/poems-and-poets/poets/detail/walt-whitman










http://entrementes.com.br/2017/02/vida-nos-diversos-universos/


A vida nos diversos universos!

 

Uma viagem espacial! Buraco de minhoca!. O que Solfidone diria?
Que pena, poetas e profetas longe da praça Afonso Pena.
Voar na imensidão do universo – Júlio Verne, Wiliam Blake.
Quem mais?
Sócrates, Platão, HG Wells. E eu não lanço livros?
Cidade das palavras… Cidade tecnológica… Falha Magnética…Ricola de Paula.
Vida quase louca…Lobão…Sala de aula…Elizabeth Souza e seus editoriais…prefiro encontros reais.
A vida – quero um portal – Atravessar a Mantiqueira a pé.
Davi FF quer ver o curupira, nas bandas do Turvo, descendo o morro da Vila. Noticias do pé de bode.
Que tal um roteiro?
Um filme fácil em celular. Quem quer começar?
Dalto Fidêncio?
Poesia, arte, ônibus lotado. Vida quase breve.LITTER 10.
VIDA! CADÊ A BIBLIOTECA CASSIANO RICARDO?
Cabeça sem telhado
almas livres
vida
Quem vai avisar o Solfidone, que quase achamos vida em outro planeta?
Giordano Bruno sempre falou que tinha VIDA fora
da terra. Está tudo aqui e agora, nem passado nem futuro…Presente professor.

Joka

João Carlos Faria

 

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017


A vida nos diversos universos !

Uma viaje espacial ! Buraco de minhoca … O que Solfidone diria ?
Que pena poetas, profetas longe da praça Afonso Pena.
Voar na imensidão do universo .. Júlio Verne .. Wiliam Blake …
Quem mais ?
Sócrates, Platão … HG Wells .. E eu não lanço livros ?
Cidade das palavras … Cidade tecnológica .. Falha Magnética .. Ricola de Paula ..
Vida quase louca .. Lobão … Sala de aula ..
Elizabeth Souza e seus editoriais .. prefiro encontros reais ..
A vida .. quero um portal .. Atravessar a Mantiqueira a pé ..
Davi FF quer ver o curupira .. Nas bandas do Turvo …
Descendo o morro da Vila .. Noticias do pé de bode ..
Que tal um roteiro ?
Um filme fácil em celular. Quem quer começar ?
Dalto Fidêncio ?
Poesia, arte …
Ônibus lotado ..
Vida quase breve ..
LITTER 10 ..

VIDA .. CADE A BIBLIOTECA CASSIANO RICARDO ?

Cabeça sem telhado …
almas livres ..
vida ..
Quem vai avisar que quase achamos vida em outro planeta
ao Solfidone ?
Giordano Bruno sempre falou que tinha VIDA fora
da terra.
Esta tudo aqui e agora ..
nem passado nem futuro ..
Presente professor ..

Joka

João Carlos Faria

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Estado e suas manipulações

O fascismo, esconde-se  em palavras técnicas. Nas entrelinhas da burocratização.
E enquanto servidores públicos silenciam-se. Na ilusória construção da democracia.
As leis têm atalhos e regras para manter a exclusão afinal a Casa Grande detêm os
saberes ACADEMICOS.
O poder esta sempre mantido. Enquanto as classes populares não se organizarem
e desbravar  o universo acadêmico.
A democracia é algo sempre a se construir. E para ela necessita-se a auto liberação
do individuo.
O estado é uma invenção para a perpetuação da Casa Grande no poder.
Só a sabedoria liberta.
Vivemos em 1984. O grande irmão nos ilude com a falsa sensação de liberdade .

Joka      

João Carlos Faria

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Jacareí .. Tem paralelepípedos no meio do caminho !


Jacareí

Garças sobrevoam o Paraíba.
Paralelepípedos velhos casarões,
cidade viva .
 
Jacareí

O rio vivo , mas em suas beiras
garrafas na água.
Não tem poesia diante da degradação
ambiental.

Jacareí

Vida pulsante.
Na estação o trem
que leva os mortos
a meia noite do dia 16.

Jacareí

A Mantiqueira mera miragem.

Jacareí

Ruas tortas, reto caminhar
seguindo o coração.

Jacareí

Horizontal , vertical.
A vida em vã ilusão.

Jacareí

Verão ,garças,capivaras ..
peixes no Paraíba.
O rio ainda vive.

Jacareí

Sem balsa, ponte
Cadê a balsa?
Cassiano Ricardo passa
por mim e assobia  poemas
em forma de ventos.
 
Jacareí

Ares leves,
Onde mora este Barão?

Jacareí

Velhos  , casarões ruas estreitas
Cidade viva.. Quiçá Monteiro Lobato
E Dom Pedro ..
Estão a conduzir o trem que leva
os mortos no dia 16.
 
Primeiras imperfeições da cidade de Jacarei, Vale do Paraíba São Paulo.
Brasil

Joka

João Carlos Faria              
 

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Felicio quer mudança no projeto do Teatrão
Sobre a questão da creche no Teatrão por conhecer bem o local que já funcionou discoteca
e academia e vestiários do São José.
É inteligente a reflexão do prefeito Felicio Ramuth (PSDB), em pensar em não construir naquele local.
Na Vila Industrial tem aquela área enorme que é usada como almoxarifado e outros departamentos da prefeitura.
Carlinhos Almeida do PT deveria ter feito um debate com a comunidade e não ter feito a obra a toque de caixa.
Debater as obras e investimento de uma cidade é função do executivo e do legilativo.
Espero que o prefeito ache outra solução para a construção da creche para duzentas crianças.
Pois educação é prioridade para TODOS os governantes.

Joka

João Carlos Faria

É  Escritor e Pedagogo  


quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017


Nydia Bonetti
[— asas — nos fazem mais
ou menos humanos?]


Cancões de anjos

Asas

Joka

Sempre achei que anjos tinham asas.
Um dia destes numa praça.
Lendo eu um livro.
Um anjo apareceu para mim.
Refletindo – me como espelho.
Conversas intermináveis.
Dicas de livro.
Como resolver magoas.
Ele sem asas.
Seguiu seu caminho.


Asas

Voar, ir além do velho olhar.
Quando perdemos nossas asas ?

Asas ?

love .. desejo ..
Alma.
Voar !
Quando voltaremos a ter
asas ?

Joka

João Carlos Faria

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017


Jacarei

O Rio Paraíba distraidamente passa
em suas cascatas em baixo da ponte.
Sem balsa sem valsa ..
Não vi ainda a CANOA DE OSSOS
de Ricola.
A mantiqueira sempre no horizonte.

Joka

João Carlos Faria

domingo, 5 de fevereiro de 2017


A violência desinformada das redes sociais me afugenta

O que é a poesia uma ilha cercada de um oceano
de imagens e sons.
O poeta Moraes numa conversa regada a lanche e suco de papoulas azuis em
um restaurante vegetariano da cidade me falou do poeta Keneth Goldsmith.
Em terras Valeparaibanas a poesia transborda em nossos olhares. Chacal em
um sinal de fumaça me avisa de um livro de poemas "poesias reunidas de oswald de andrade"
e o poema de Ricola “ Canoa de Ossos “ não sai de meu coração. Já o li em uma Radio Aguapé.
A poesia não é ilha é metafisica que nunca alcanço embora lancei um bote salva vidas
e tento ir além do horizonte. Quem manda ter ouvido Roberto Carlos .. A vida é curta
e um canal de TV.
Ando meio desligado e desplugado de redes sociais. É melhor silenciar … Fernando Selmer
e suas magicas experiencias do concretismo transformada em camisetas surpreende-me. A
matéria sobre ele na revista Entrementes vale ser lida e relida.
Poesia concreta !?
Só realizei um poema … a vida se esvai .. chego a madrugada ... Keneth Goldsmith … Ricola … Moraes … Selmer ..
E não sei lançar sinais de fumaça ,,, nem dançar o boi … Toninho Macedo .. falou do folclore
braSileiro na única vez que fui a USP.
E O tambor .. o batuque .. o samba me incendeia .. as artes plásticas … não vou a lugar nenhum sem
arte … esta em toda a parte … A violência desinformada das redes sociais me afugenta .. mas
tem antenas ligadas a poesia de Nydia Bonetti .. Edu Planchez .. pindorama …
Maculelê .. Sou caipira …
Minha antropofagia ,,, Keneth Goldsmith …
E a Câmara lotada … Por onde anda Edu Gair .. virou canção … Seremos pó ..
quero reler o Eclesiastes …
Poeta não é titulo .. a poesia .. esta marcada na alma. Mesmo no cinza das redes sociais.
SERES com suas antenas … mal conectadas .. sintonizam o universo.
Uma frase modificada de Cassiano Ricardo no inicio do texto.
Quem é marginal e afinal cade a terceira margem.
A cidade .. suicida-se ao se negar a arte. Temos fome de utopia.
Almas vazias .. na desilusão capitalista ..
Quando nascera algo novo !
Lindas canções de Juliano Maurer .. e suas bandas ..
A cidade .. suicida-se ao se negar a arte. Temos fome de utopia.


Joka

João Carlos Faria

sábado, 4 de fevereiro de 2017


Perguntas ?

Revap é multada em R$ 1 milhão por emissão de fumaça preta em São José

Extinção de 45 cargos vai gerar economia de R$ 6 milhões por ano

Matérias do Jornal O VALE

Não estou vendo nenhuma colocação na mídia sobre a reestruturação e o fim da secretaria
de meio ambiente ?
Qual pasta ira responder pela questão ambiental da cidade ?
E sobre estas multas da CETESB onde é aplicada ?
A ÚNICA manifestação da cidade no momento e dos artistas da cidade cobrando uma
politica cultural para o município ?
Onde estão os ambientalista da cidade ?
Os interessados em arte e cultura de São José dos Campos estão certos em cobrar da
prefeitura de São José qual é o seu plano de governo ?
Se ela quer reestruturar a Fundação Cassiano Ricardo ?
Criar uma secretaria ?
Espero que a experiencia deste Fórum SIRVA de reflexão para nascer um Fórum Social no município. Que envolva todos os agentes políticos do município.
em que TODOS possamos debater os rumos da cidade.
Afinal a cidade é de TODOS. E nunca de alguns.

Joka

João Carlos Faria

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017


E ai pacato cidadão ?!

As redes sociais revelam nossas barbaridades.
E nas ruas todos pacatos cidadãos.
Mas nas redes sociais nossos egos estão a flor da pele.
E eles nossos demônios retratam nossa degradação.
Quando seremos humanos ?
Solidariedade e amor ao próximo é uma palavra morta.
Em uma nação onde a maioria se diz Cristão ?
Que o Cristo nasça em nossos corações e superemos
esta miséria humana. Esta dor.
Como somos bárbaros e covardes.
Diante do sofrimento do próximo.
Bárbaros, demônios disfarçados de seres humanos.

Joka

João Carlos Faria

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017









A arte do dialogo

Como é triste ver cidadãos da senzala defender o ponto de vista da casa grande ?
Sei que o maior partido das esquerdas brasileiras é acusado e até culpado pela omissão e o crescimento da corrupção no Brasil.
Mas dai o singelo pacato cidadão. Brigar nas redes sociais pelas pautas do sistema ?
Sei que somos diariamente bombardeados na mídia e até nas redes sociais pelas
pautas do estabelichiment …
Mas ser reacionário por mera provocação ? Cegos que não conseguem enxergar os
poucos avanços da constituição de 1988 no Brasil.
Não escrevo para defender uma pauta socialista para este pais.Ou qualquer outro. Nem
defendo este doentio sistema capitalista.
Sei que partidos políticos em sua esmagadora maioria cumpre a pauta do sistema.
Mas quem ousa pensar em algo diferente ?
Globo News, TV Cultura e por ai vai .. E a pequena TVT que não esta na grade das
Net e operadoras de TV a cabo.
Nem na singela pautas do Facebook … Sei das manipulações das esquerdas e das
direitas … Eu li a Revolução dos Bichos de George Orwell .. Todos SENTIMOS
a queda dos governos de esquerdas no Brasil e no mundo. Acompanho a revistas
CAROS AMIGOS ..
Ver gente defendendo a volta dos militares .. Analfabetos políticos que nem se
quer sabem da existência da Doutrina Monroe .. Que mundo insano ?
Cheio de analfabetos políticos … que ser quer conhecem as linhas liberais.
Sou professor sei de minhas responsabilidades … em um pais que o povo não quer saber
de ler … seja na internet ou em livros e insistem em dar suas rasas opiniões. A infraestrutura de
muitas escolas publicas é boa. Falta vontade da família e dos alunos. Preferem ouvir um som
de funk numa lousa digital. A usar uma plataforma como a KHAN ACADEMY .. ou usar
uma Net Flix para ver documentários. Livros didáticos de historia falam do socialistas utópicos
e ninguém da a mínima atenção e professores falam para as paredes.
Enquanto isto os direitos estão sendo perdidos. O estado paralelo manda nas periferias.
E sempre estamos impotentes .. não adianta gritar ? Talvez precisamos aprender a arte do
dialogo ?
É hora de voltar as praças publicas para em dialogo encontrar a filosofia.
E ousar tentar achar uma outra forma de viver . E esquecer a opressora sociedade da mera
sobrevivência.

Joka

João Carlos Faria