Seguidores

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017


Gestor diz que protesto da cultura em São José foi 'pequeno'


Cabe ao prefeito Felício Ramuth abrir o dialogo com a comunidade e expor seu projeto para
arte e cultura na cidade.
Cultura na cidade não é um projeto de um só governo. A Fundação Cultural surgiu na cidade
como manifestação da cena artística e cultural nos anos 80 fruto da reabertura do pais.
Tivemos nos anos sessenta um conselho de cultura. Na qual foi inspirado as comissões setoriais
da Fundação e extinta com a lei Jorley no fim dos anos 90.
Arte e cultura deve ser uma politica em todos governos.
Este jornal “ O VALE “ criou o promessometro e arte e cultura não consta na proposta do
governo de Felício Ramuth ?
Então a comunidade joseense não tem as propostas de arte e cultura para a cidade do governo Felicio ?
Esperamos que o ex presidente da OAB de São José o advogado Aldo Zanoni Filho junto
com o prefeito Felício Ramuth abra um dialogo com a população joseense interessada nas
artes e cultura.
São José tem um movimento de arte e cultura respeitado no Brasil.
Aqui já existe diversas ongues e empresas artísticas e culturais.
O empreendedorismo faz parte do dia a dia de nossos produtores de arte.
Enfim só com o dialogo se faz uma cidade justa, democrática e humanizada.

Joka

João Carlos Faria

Nenhum comentário: