Seguidores

domingo, 23 de outubro de 2016


As canções da sereia Ligia Kamada

Sábado, corações em chama !
Fui a cidade, acarajé, e nenhum amigo na Praça Afonso Pena. Solfidone não esta la aglutinando
poetas, loucos, artistas e ativistas políticos a cidade se empobrece.
E no Sesc enquanto eu lia e conversava com amigos. Uma cantora ensaiava e o encanto da sereia
se fez. Fui ver o ensaio. Estávamos cortados por uma frente fria eu de bermuda e camiseta. Ela me convidou para ver o show voltei para casa, banho, café … e peguei o ônibus. Cruzei o banhado experiencia única no planeta dizem que ali tem uma falha magnética, portais. Esta cidade me apaixona. Esqueço de seus políticos reflexo de nossa comunidade.
E fui ao show várias músicas … E de repente a bela cantora cita a cidade de Monteiro Lobato e descubro que a musa e gente nossa ! Ligia Kamada o nome de infinito talento musical e carisma.
Que presente ! O SESC cheio de gente da terra velhos amigos dos anos 90. Encontros sem desencontros queria ter atravessado a madrugada em bares mas fiquei na ilusão de uma padaria.
Que musica, suas canções que ouço aqui no Yotube.
Divirtam -se com suas canções, sua voz e seus shows estamos ricos de arte. Mas pobres de almas
politicas.
Que cidade controversa cheia de poesia e sem lideres. A vida segue um dia faremos cinemas, televisão.
Que os talentos se multipliquem viva Ligia Kamada !
A vida pulsa, pulsa , pulsa gritemos e saudemos a liberdade de uma nação democrática e livre.
A cidade merece espaços como o Sesc em seus quatro cantos . E quiça um dia o Sesc de sábado
para domingo seja aberto vinte e quatro horas.
Liberdade, arte e cultura só depende de uma imensa irmandade. Dancemos ciranda.

Joka

João Carlos Faria




Nenhum comentário: