Seguidores

segunda-feira, 29 de agosto de 2016





O descanso do poeta

O poeta Edu Planchez depois de suas inusitadas performances descansa
e elabora poemas que cantam a humanidade.
O poeta em sua roupa de Gentileza e Bispo do Rosário.
Pelas ruas do Rio de Janeiro incendeia a cidade
com o fogo da poesia !
Que faz emergir o monstro da lagoa.
E o Cristo Redentor enche – se de luz diante
do cantar do poeta.
Quantos poetas a encantar o Rio de Janeiro.
E um anjo em forma de estatua assiste a cidade
em seu banco este anjo que já andou por aqui e
se chamava Carlos Drumond de Andrade.
O poeta em um figurino de Eliete Santos !
Levando a mensagem Gentileza gera Gentileza.

Joka

João Carlos Faria

Nenhum comentário: