Seguidores

sexta-feira, 12 de agosto de 2016


O silencio das ruas

Acompanhando o debate nacional da escola sem partido e acho estranho é esta cidade ' São José dos Campos " que ninguém ou instituição organiza debates sobre este tema ou outros de vital importância. Preferimos a comodidade do debate virtual onde podemos deletar quem não nos agrada ao debate franco das varias ideologias que compõem a cidade.
Onde estão os Sindicatos dos Servidores, Apeoesp ? SESC, Fundação Cultural Cassiano Ricardo ?
Para não citar outras. Como queremos questionar um programa fora da realidade de uma nação
democrática se não existe um debate na realidade e somente nas esferas virtuais sites de relacionamento e jornais.
Que cidade e que pais estamos construindo. Enquanto cidadãos. Profissionais de educação
que exemplo damos ?
A escola é um ambiente plural onde toda a diversidade esta contida nela.
E a deixamos no caso da rede municipal fechada aos finais de semana. Na rede estadual algumas
estão abertas.
Queremos ser plurais em debates virtuais. E fracassamos enquanto sociedade quando não
criamos debates que tenham todos os pontos de vista da esquerda a direita.
Somos alienados. Estamos ausentes do debate. Só as eleições nos bastam.
Fala-se em “ golpe “ mas cade uma sociedade que resista e reflita a existência ou não dele.
A esquerda e a direita quase se igualam na falta de mobilização de seus “ militantes “ e ai
Brasil ?
Que pais estamos construindo com nossa ausência de debates.
As praças estão ai se as instituições falham em seu silencio.
Resistir ao debate olhos no olhos é um crime contra uma democracia ainda jovem.
Vamos as ruas ? Vamos ocupar a cidade e debatê-la ?

Joka

João Carlos Faria

Debate escola sem partido

Nenhum comentário: