Seguidores

quarta-feira, 27 de julho de 2016



https://www.catarse.me/pt/projects/31509/


P.I.Va. - Uma Alucinação na Ponta de teus Olhos (full album)


https://www.youtube.com/watch?v=sKDYKXVp47o

Os 10 melhores poemas de Roberto Piva


http://notaterapia.com.br/2015/10/31/os-10-melhores-poemas-de-roberto-piva/



Campanha no catarse para a criação da biblioteca Roberto Piva não tenho muito a falar deste
poeta da atualidade. Por causa do destino não conheci pessoalmente mas a turma da Comissão de
Literatura da FCCR .. O conheceu Edu Planchez e companhia ilimitada junto com Jorge Mautner
na época do LITTER na Funart em Sampa ! Por volta de 1997.
Quando Edu fazia a ponte entre Sampa e SJC.

A catarse de Piva

Alucinações enquanto ouço Piva. Diante de meu olhar ouvido. Ouço Roberto Piva.
Meu tédio se faz Piva !
Quem somos nestes dias metamorfoses ! Já carreguei uma tocha apagada em São Xico, Mantiqueira
e não era eu … Desligo Piva eu precisa de um start para escrever.
Em nossas febris alucinações … quantos olhares ? Almas censuradas em sua incompleta existência. Resistir a que ?
Dias e dias liberais sem anarquia ?
O individualismo nos consome e a vida se faz em condomínios fechados …
Preciso ler Piva decifrar sua poesia ...antropofagicamente …
delírios .. de que nos serve nestes dias solitários a filosofia , poesia … descalço .. descanso meus olhos não pensar não pensar …
Nossa arma e o silencio… comemos a sua poesia .. A comunhão de poetas alucinados. Tentando escapar do diário tédio. Desfrutemos de Piva.

Joka


 

Piva

Poema vertigem

Eu sou a viagem de ácido
nos barcos da noite
Eu sou o garoto que se masturba
na montanha
Eu sou o tecno pagão
Eu sou o Reich, Ferenczi & Jung
Eu sou o Eterno Retorno
Eu sou o espaço cibernético
Eu sou a floresta virgem
das garotas convulsivas
Eu sou o disco-voador tatuado
Eu sou o garoto e a garota
Casa Grande & Senzala
Eu sou a orgia com o
garoto loiro e sua namorada
de vagina colorida
(ele vestia a calcinha dela
& dançava feito Shiva
no meu corpo)
Eu sou o nômade de Orgônio
Eu sou a Ilha de Veludo
Eu sou a Invenção de Orfeu
Eu sou os olhos pescadores
Eu sou o Tambor do Xamã
(& o Xamã coberto
de peles e andrógino)
Eu sou o beijo de Urânio
de Al Capone
Eu sou uma metralhadora em
estado de graça
Eu sou a pomba-gira do Absoluto



Nenhum comentário: