Seguidores

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Um roteiro bem caipira

Tem dias que a escrita não sai. Nestes dias quentes é que desligo os celulares, ventiladores.
Até mesmo o computador. As vezes passo a tarde inteira assistindo uns vídeos sobre educação
enquanto aguardo clientes !
E o Sol no céu a pino e nada de uma frente fria prevista por alguma garota do tempo. E esqueço
de contar quantas nuvens tem no céu. E de repente a mangueira vaza  água.
E nem um cliente avista já decorei as chaves do carros. E na volta do almoço alguma
chuva avistada na Mantiqueira.
E na noite o caminhão de lixo enquanto escrevo estes texto !
Porque fui descobrir a exclamação no teclado?
Com o barulho do caminhão do lixo não ouvia o barulho da chuva.
E a vida segue quem sabe em meio aos contos de Ricola descobrimos um bom
roteiro que retrate a alma Valeparaibana!
Enquanto isto o Vale se descortina em um programa de TV de Gabeira e Pedrão
ou Dom Pedro que veio antes do segundo.
Gostava de fazer trilhas e nadar nú. Sem esquecer suas brincadeiras de medico
com as mulheres.
E o Vale se descortina !
E aqui vivemos e temos uma imensa raiz …
Quiça um roteiro ? Sem eira nem beira … que atravessa as porteiras !
Pena que não sei escrever algo ficcional ! Ainda mais aguardem que
historias nascem do dia a dia.
Como diria a canção do mestre ` Sou caipira pira pora senhora de Aparecida `  e a
vida segue … enquanto não aprendo a tocar uma viola.
Mas vejo a formiga de Fernando Itó no SESC.


Joka

João Carlos Faria      

Nenhum comentário: