Seguidores

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016


A rebelião de Bel

Não existir, resistir !
Deixar de pensar,
Um caixão dentro de
minha cabeça.
Uma luz dentro do coração.

Vida plena, morrer a
todo instante !
Sem medo de se jogar
no abismo.

Alma ainda inexistentes,
poetas, canções.

A não lembrança de dez
mil anos atrás,
não temos memoria
desta nossa jornada,

Uma mochila, chuva
frio, fome.
Quem nada possui se
lança a estrada.

Não existir, resistir !
Esquece-se de si
mesmo e ver as
estrelas nas estradas.

Enquanto lutamos
para não pensar.
E os pensamentos giram
em torno de nós.

Na bagagem um livro
qualquer de Samael Aun Weor.
E na memoria a lembrança de
todos os livros que li.
E que estão em meus escritos.

Deixar de existir não acontece
com a mera morte física.
E algo árduo que se faz no
dia a dia.

Não existir e deixar de ter
uma legião dentro de si
mesmo.

Joka

João Carlos Faria


Samael Aun Weor

LIVRO A REVOLUÇÃO DE BEL



Nenhum comentário: