Seguidores

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Do canto de cá

O canto da cultura !
Girassóis, sol.
Poemas !
Anos 80 …
Poetas, hoje e sempre …
Sanjo ! La dá mãe Africa !
Da Mantiqueira
Ricola, Paulo Vinheiro,
Além mar Domingos Fábio q ue
vive indo nas madrugadas
e ao dormir a tarde na Terra
Além Mares !
E a poesia surge em tanta
gente.
Selmer com suas imagens !
Solfidone !
Edu Planchez.
E do canto de cá.
Ecoa o canto da cultura
neste século vinte e
um !
E nois sem um vintém
para publicar um livrinho.
E Elizabeth Souza não
nos deixa sem registro
em seu Entrementes,
Arte, arteira.
Bola de gude, livros,
sites e jornais !
A vida sem as letras é
estranha e
Glauco Matoso nos
brinda com sua poesia
memorizada !
A alma se faz poema e
nem todos cabem neste
poema !
Mas estão no coração.
Sou irregular quando
leio Ferreira Gullar !
A vida sempre muda e
em um dia vivo
as quatro estações em
meu ser !
E o tempo parece passar
quero sonhar,
com outras possibilidades
meu caro Cassiano Ricardo,
além do comunismo e do
capitalismo, outro
mundo se faz possível
né Murilo Mende como
já cantastes.
!!! tudo pode ser imaginado !!!
A vida, pesada, leve …
Sol , Lua e nos na alquimia
das palavras …
Nas revoltas de Diego El Khoury
aquele Sol e os Girassóis
me encantaram.
E a poesia abre alas !
Nos viscerais poetas dentro
e fora do Entrementes.
Que a poesia seja servida
no café da manha !
Para dar esperanças de
um dia repleto de amor a
vida !
E deus se faz presença
na insignificância dos
poetas !

Joka

João Carlos Faria

Em comemoração a Edição de Verão


da revista Entrementes !

Nenhum comentário: