Seguidores

terça-feira, 17 de novembro de 2015


Cidade intima

Livro esquecido no fundo
de um velho bau.

A rosa vermelha
Brilha na primavera.
O cheiro da cidade se
espalha no ar.

Entre o asfalto, carros.
Jogar um pouco de água
num pé de hortelã.
E ver seu cheiro espalhar.

A natureza sempre se
esforça para mostrar sua vida.
Um titulo de livro provoca
delírios ( Cidade Intima de
Leontino )
Livro esquecido no fundo
de um velho bau.

Minha imaginação entre
em delírios !!!
Antes de ler suas páginas.

Cidade Intima
Havíamos lançados
Cidade das Palavras.

É o que a intimidade de
uma cidade ?

Só abrindo o livro e
desvendando este segredo ?

E a vida é desejos não realizados.
Em meio a abstrata realidade.
Quando nos olhamos no espelho
não nos reconhecemos.

Cidade Partida
Cidade das Palavras
Cidade Intima

Joka

João Carlos Faria

Livro : Leontino Cidade Intima
Cidade Intima

Editoria Capa
Ilustração : Gustavo Luz

1991

Editora Queima Bucha

Rua Almeida Castro, 42
Mossoró – RN
CEP 59600


Poema Leontino

Ah,
nesta cidade
sou o apátrida
o sempre só
o difícil rasgo matinal.

Cada vez mais
passeio
no escuro silêncio
e encontro-me
sendo o teu verso
reverso
o teu fim.

Leontino.

Nenhum comentário: