Seguidores

sexta-feira, 23 de outubro de 2015


Obsessão por um poema Aura Amara

Como se libertar de um poema quando ele passa a fazer
parte de você ?
Afinal o que é um poema quando se torna ele você.
Aura Amara de Arnaut Daniel.
Adentrou – se em mim.
Afinal quantos poemas eu já li ?
E nunca um caso de amor ou vicio como este ?
E o que Freud diria ?
Obsessão pelo amor ainda não encontrado ?
Não sei destino acontecido paixão, amor pela
palavra escrita a séculos por um poeta até
então desconhecido para mim.
Ou pelo amor até então não encontrado.
Idealizar o amor não é vivenciá-lo.
Nossas prisões mentais.
E o poeta devassa nossas almas.
E dizem para que serve a poesia ?
Para estilhaçar nossas almas.
Nossa fé.
Criar cicatrizes abrir feridas sem resposta.
E uma quase certeza de nunca jamais
alcançar este poema.
Não liguem meu amor pelo Grito de Edvard
Munch é igual e avassalador.
Como ouvir Raul Seixas, Caetano Veloso.
Aura Amara amor repentino e para o
resto da vida.
Descobri uma canção de uma jovem
cantora que quase retrata este amor,
paixão, desejo.
Aura Amara.
Destino incerto a um amante
das palavras.
Na ilusão da vida.
Nem Freud devastou os
segredos das efêmeras existências.
Sinto não somos.

Joka

João Carlos Faria 

https://www.youtube.com/watch?v=I4IbChWDis8

Nenhum comentário: