Seguidores

terça-feira, 20 de outubro de 2015


Da existência do amor

E a arte é correr risco. Estou apaixonado, encantado por um poema de
Arnaut Daniel que li no Abc da Literatura de Ezra Pound e já fiz inúmeras
pesquisas sobre o autor os provençais que veio ao encanto. Fiz uma
leitura do poema no yotube como a tempos não fazia. Nem mesmo sei se é perfeita mas
o que é perfeito ? Apenas existo. Mas existo!. Digitei o poema.

E tudo o mais se esquece ! Mas devo voltar ao mundo real.

Se é que vivemos em um mundo real ? Como uma obra lida pode transformar nossos dias e semanas e mudar nossos rumos que encanto é este que a arte tem ? Não sei não tem nenhuma explicação que algum acadêmico em toda historia possa dar. E na metafisica nos mundos internos de nossas almas ? Não falo das religiões formais dos credos mas do invisível que habita nossos corações. E como eu falaria de uma amada ? Da mulher imaginável que o poeta ali coloca. Tantos seculos já se passaram e a impressão do poeta chega aos nossos dias. Em um livro e agora em sites e redes sociais. E Arnaut Daniel ganha sua vida no coração de muitos. Não sei se a arte e sua metafisica muda o mundo mas muda a visão do mundo de quem chegou a obra. Nem sei se um dia chegarei a um poema que seja minha melhor representação da vida. Mas ontem ao ato trivial de comprar pão vi uma bela mulher completamente DESLUMBRANTE. Em um mercadinho com um salto ALTO e um jeito que me tirou o rumo. É mas tentar entender as impressões e as transformá-las. A vida tem poesia em todos os seus momentos cabe a nós percebê-las. E tudo será metafisico. E diz os alquimistas que vivos estão. O amor de uma mulher pode nos fazer conquistar universos ou nos fazer voltar aos infernos. Como eu retraria isto num poema ? Em uma peça de teatro ou em um filme ? Quiça em um quadro ? E o que é arte ? Deus ? Universo ? Não sabemos. Mas um poema pode condensar todo o sentido da existência. E Arnaut Daniel veio até mim por Ezra Pound. Mergulhemos no oceano da vida. E como aprendi nos caminhos gnósticos a um mundo horizontal e um vertical. Estejamos atentos a tudo. Mesmo ainda sendo nos meras sombras. Seguir neste imenso labirinto nos caminhos que nos cercam nossos próprios Anjos e Demônios é algo espantoso. E nesta noite os céus estava sobre nossas cabeças. Para que se preocupar com o fim. A jornada é infinita. E o amor real pode até despertar e fazer nossas almas NASCEREM . E a mulher é a porta da entrada para esta árdua jornada. Que fazemos na eterna busca de alcançar nossa humanidade agora somos meras sombras !!!

Joka

João Carlos Faria

Do livro das imperfeiçoes


Nenhum comentário: