Seguidores

sábado, 15 de agosto de 2015

Reflexões ao ler Carta Capital


Chacina
Corpos cravejados de bala.


Noite
Silencio diante de nossa inconsciência.
Somos predadores de nós mesmos.


E ao longo de séculos. Seremos sufocados pelo ar irrespirável.
E a terra não dará frutos.
E nossa inconsciência nos faz matar rios, destruir florestas.
E a VIDA é um mero detalhe.

Nossa pressa em chegar a destino nos mata.

Noite
Almas vagam em bicicletas
colhendo os restos nos lixos alheios.

E a vida mero números nas contas bancarias.
Deixamos de ser cidadãos.
O papel de consumidores nos torna felizes.

Chacina
Corpos cravejados de bala.

Vida apenas para consumir.
Enquanto o Sol se põem.

Joka

João Carlos Faria  

Nenhum comentário: