Seguidores

sábado, 11 de julho de 2015



Que o trabalho seja pouco e não breve. Que tenha para todos.
E que achemos novas trilhas. Novos rumos para a economia.
Que tenhamos fartura e acabemos com os disperdicios.
Ousemos pensar além do combalido e predador capitalismo.
Ou isto ou caos. A continuidade das guerras da opressão.

A maior parte das pessoas não sabem que são escravizadas
pelas ideologias capitalistas.
E tudo é uma ilusão que não nos faz ser.
Simplesmente o valor é ter.



No capitalismo tudo é comerciável a alma a calma.

Nenhum comentário: