Seguidores

quarta-feira, 8 de julho de 2015




Em breve um poema uma cronica e uma vela acesa pela felicidade.
Quando fiz minha alfabetização na Escola Marechal Rondon no Monte Castelo em
São José dos Campos fasianos a composição a partir de uma imagem.
Então volto a exercício de criação.
Criar existir e tudo se faz Verbo.
E o amor cria almas. Ainda lunares e na forja do ciclopes nascem almas.
E no amor a alquimia. E alquimia não é transformar chumbo em oro.

E sim criar do lodo a alma. A eternidade é o agora.

Nenhum comentário: