Seguidores

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Não existo, nem sei os caminhos da resistência ... somos bambus ao sabor do vento ?

E as borboletas ?
E a constelação das borboletas.
E Deus ou Deusa virou debate de como se deve identificar.
Talvez nem seja mera questão de gênero mas de SEXO.
De fato quase nada sabemos de Deus e em um poema de Rumi.
Moises critica a forma como um servo falou com Deus.
E este servo fugiu para o deserto e Deus disse a Moises cada
um me segue da maneira como bem entende.
E o que Deus diria desta nossa sociedade que se discute
liberdade em todas as formas ?
Como complicamos a vida ? E vejo no twitter uma galaxia
borboleta.
A borboleta é simbolo de transformação em várias mitologias.
E tenho lá minha duvidas não sou sábio chines nem Raul Seixas
e não sei voar.
Mas abri meus ouvidos ao Zé e o Tatu.
Sou o cão no palco na rua.
Sou a fome, frio e o vento.
E a carestia.
Sou a alma que adormece em nossos corações.
Poesia, prosa e matemática.
Não existo, nem sei os caminhos da resistência.
Sou o ator esfomeado no palco e que diante ao
caixa eletrônico de forma neurótica diz eu sou artista
e acaba sendo internado porque arrancou a roupa e saiu
gritando sou Borboleta.
E os cães nas ruas, parque junto com homens
e mulheres que tem a constelação das borboletas como teto.
E a vida passa nada de borboletas, passarinhos …
Somente um sonho.
E Deus nos dá boa vinda nas sutis dimensões do infinito.

Joka

João Carlos Faria


O Zé e o Tatu


https://www.youtube.com/watch?v=qhUAQHbOt3I

Confiram 

Nenhum comentário: