Seguidores

sábado, 6 de junho de 2015

E o amor anda escondido na caixa aberta de Pandora

Noite
E o Sol se faz presente no oriente,
nenhum contato com gente de outros
planetas.
E a vida escorre pela ampulheta, não
consigo parar o tempo.
Ele nos ensina o sabor de viver.
Leio poetas na tarde que já passou.
Noite
Outono e as paixões se fazem
primavera.
E o amor anda escondido na caixa
aberta de Pandora,
E a vida esta ai.
Noite
Desertos que nunca terminam.
E o Egito se faz longe.
Não encontro a entrada do portal
para Pasárgadas.
Teremos que nos contentar com
o ocaso da vida?
Noite
E absorvo as informações e as lembranças
das estrelas onde morei.

Joka


João Carlos Faria

Nenhum comentário: