Seguidores

sábado, 18 de abril de 2015

Fazendo samba para viver


Sábado, manhã
Sol e calor
Feira livre
Conversas, joelho de porco
Cancões de Sérgio Sampaio
Imagens estranhas.
Destino da cidade do pais.

E caminhamos sem destino.

A vida rola, um samba.
A pamonha que nos engorda
E a vida na balança entre mal e bem

Destino que nos leva por caminhos
tortuosos.
Quem sabe uma feijoada num bar.

E a cidade se enche de vida
neste outono.
Vida breve, leve sem rumo?
Que tal uma Harley Davdson …
Nas estradas da Mantiqueira.
Ou um par de tênis, um caminho lá
pras bandas do Guirra.

Joka


João Carlos Faria       

Nenhum comentário: