Seguidores

terça-feira, 17 de março de 2015

Banhado resiste até quando?

Nos enganam sempre em nome do respeito a natureza querem tirar uma comunidade que está ali a mais de cem anos.
Tem famílias com chácaras, casas com grandes quintais e a prefeitura não quer
Indeniza-las a altura. Quer colocá-las em pequenos apartamentos sem indenização.
Na Vila Industrial vimos retirar uma comunidade inteira para depois vir CARREFUR, ATACADÃO. HAVAN e não importa se é PT, PSDB o capital sempre manda. E a prefeitura quer fazer passar ali a via Cambuí para transformar São José dos Campos numa nova São Paulo
cidade sem nenhum respeito ao meio ambiente.
Que ao menos deem dignidade as famílias do Banhado ​ o parque poderia conviver com estas famílias?
Mas isto acontece no Brasil de Fernando Henrique, Lula, Dilma.
O que manda nestes pais é o poder do DINHEIRO e nós do povo nos matamos nestes debates infrutíferos.
Que estes atos a partir de Junho de 2013 e os agora do dia 15 de Março mesmo organizado pela direita. Sirvam para a população Brasileira de todas as matizes ideológicas a aprender a fazer política. Os partidos políticos estão sim podres por dentro. Mas precisamos de soluções dentro da ordem democrática e do direito à liberdade.
Acho que até possa ter interferências de fora nestes acontecimentos a chamada Revolução Colorida mas a jovem democracia Brasileira precisa alcançar ideias do século vinte e um.
Este modelo de partidos políticos está saturado e não agrada as várias correntes de pensamentos que vem surgindo. Precisamos parar pensar e nos transformarmos com velhas ideias do século dezenove não enfrentaremos o desafio de uma nova democracia neste século
vinte e um.  Nem KARL MAX nem  ADAM SMITH.
Financiamento público de campanha só não basta.
Enquanto isto não só o Banhado mas inúmeras comunidades Brasil aforam sofrem as pressões do capital que tomou conta das decisões do poder público no Brasil.
Estar nas ruas, fazer panelaço é apenas um começo.
O Brasileiro médio começa a acordar.    
E saberemos passar por estes imensos desafios. O cidadão Brasileiro já não é tão gado marcado assim.  

Joka

João Carlos Faria

Nenhum comentário: