Seguidores

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Literatura em São José dos Campos

Existe literatura , universal até Brasileira.
Mas uma cidade localizada na Via Dutra caminho que liga São Paulo ao
Rio de Janeiro.
Nos encanta com a proliferação de escritores, poetas e amantes da escrita até um tempo
atrás dava para se fazer um mapa da produção local. Agora confesso não tenho mais
esta noção. Vejo inúmeras matérias no Entrementes, O Vale, TV Vanguarda e na radio ueb do Sindicato de Ciência e Tecnologia e até no Facebook.
Conheço uma gente variada pessoalmente. E os novos estes aos poucos ouço falar deles.
Sarais acontecem de várias maneiras em vários lugares espaços públicos, privados e até em Castelos. Os meus prediletos são sempre os de rua mas não ouço falar deles tem alguns em bares.
Faz um tempo que não me envolvo nas produções deles. E que tem hora que nos recolhermos me dedico mais a escrita.
Hoje com a intenção de arrumar meu guarda -roupa encontrei diversos livros da produção local que coleciono e leio é claro.
Gente muito talentosa grandes lembranças o saudosismo vem a tona. As fotos estão ai.
Sempre questionei o poder público hoje em dia me distanciei me reservo ao direito de ser público.
Sei de nosso papel enquanto cidadãos. Quero cumprir o meu e confesso nem sei por onde começar que é montar uma editora e produzir cinema. Minha trajetória me fez chegar a estas iniciativas
e não me desvio destes objetivos mas por ora quero organizar minha vida pessoal e profissional.
Ai sim voltar a produzir. Mas deixar de registrar parte desta produção com as fotos que fiz não
deixo.
Cabe ao poder público e não a nós escritores, ativistas culturais e comunidade criar espaços
e estantes que destaquem esta produção que existe ao longo de décadas. E passa gestões e mais
gestões públicas e não acontece.
Na Biblioteca Cassiano Ricardo, Casas de Cultura e Salas de Leitura não tem estantes com
estas produções.
Foi criado o Fundo de Cultura para quem gosta de participar deveria ter editais para a produção
literária local mais o Fundo esta se estruturando.
A Câmara de Vereadores da cidade poderia repensar a criação de similares as comissões que existiram na Fundação Cultural Cassiano Ricardo.
Hoje pelo que se sabe o único grupo formalmente organizado é Academia Joseense de Letras mas
não sei se ali gesta-se uma proposta de gestão publica da literatura na cidade?
Se se interage com a Secretaria de Educação e Fundação Cultural Cassiano Ricardo?
Outras iniciativas também deveriam nascer no plano formal e até informal sei de muitas.
Enfim vivemos numa cidade industrial onde as industrias estão indo embora. E a arte aqui tem campo fértil. E a arte não pode contribuir para o tão almejado desenvolvimento econômico
da cidade?
Mas para isto as intituiçoes publicas devem se abrir para debates. Estamos construindo uma cidade e isto vai além de partidos políticos, governos a cidade é nossa.
E cabe a ela cuidar da memória de seus escritores , artistas e fomentar o novo. Que retratem as
inquietações da sociedade de hoje. E nada como a memoria de ontem para sabermos que coleciono e temos tantas historias.
E as fotos destes livros estão ai que mandem mais muito mais para o Entrementes nos cidadãos
fazemos a história.
São José dos Campos contribui com a literatura universal somos todos frutos dela.
Este artigo esta matéria continua de varias maneiras escreva a sua.

Joka


João Carlos Faria
 

Nenhum comentário: