Seguidores

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Joka

Brasil um pais de poucos

Por favor me desculpem enquanto a nação Brasil
se debate em incansáveis debates estereis. Sobre a corrupção que já vem antes da descoberta do Brasil.E nunca acaba. Só quando o mundo acabar.
E eu descobrindo boa música de nossos irmãos Argentinos.
É a vida ?
E tudo sempre ficará do mesmo jeito não temos culhões para mudar
nada?
Os partidos estão partidos. Em suas cotas de poder e é uma cota uma
casta.
Desculpe estamos fora da festa.
Já escrevi isto num livro de poemas que ninguém leu.
Podem me chamar de alienado mas a arte salva e não o consumo
de álcool e drogas.
A canábis de nada serve.
E a politica partidária ainda menos. As empreiteiras continuarão a financiar
a classe politica.
O povo Brasileiro não tem culhões para fazer revoltas, revoluções.
Grande mentira esta nação construída pelos Portugueses sempre se rebelou
durante toda sua trajetória.
Estamos calados? As ruas é um palco ideal.
Mas quem sabe aglutinar um povo? Uma nação?
Qual partido politico não esta envolvido nesta podridão?
Desculpe vou continuar ouvindo a boa música Argentina de Rosendo.
Somos eterna republica de Bananas.

João Carlos Faria

Nenhum comentário: