Seguidores

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Joka

Brasília mafia, esgoto da nação de Abapuru

A imoralidade na nação de degredados. Da chibata contra índios, negros.
E tão grande que nem nos comove.
O arco-íris depois da chuva nos inspira.
Enquanto isto o garoto continua sem teto.
A população com seus sub empregos. Quando os consegue.
E a vida segue sem revolta na aliança entre o mal e o mal.
E como no poema de Bandeira o bicho homem procura o que comer
na lata de lixo.
E nem uma ideia nova para mudar a economia, transformar a nação.
E deixar de se submeter aos podres poderes da nação.
Que esperança temos e o povo indiferente a Brasília.
Uma mera ilha de luxo e ostentação.
Tudo que o mal e o mal faz sempre em nome do povo.
Para o bem do povo.

Joka


João Carlos Faria  

Nenhum comentário: