Seguidores

domingo, 9 de novembro de 2014

Fernando Selmer  me encomendou uma entrevista estou aqui pensando para sair do lugar comum das perguntas comuns. Mas rumamos para algum lugar?
Assim como um livro me foi proposto. Diante das possibilidades o nada?
Vazio, enfim pensar agir pensar.
Somos efêmeros, maravilhosamente efêmeros. Temos uma data de nascimento e num piscar
de olhos uma data de partida.
E o que fazemos neste intervalo?  

Nenhum comentário: