Seguidores

domingo, 28 de setembro de 2014

Ontem depois de um sarau deu vontade de ler Bocage o cara hoje causaria estranheza imagina na época dele. Além da ousada poesia erótica esta ali uma bela grafia de nossa mãe língua portuguesa não só dos melhores em gramática
mas vale a pena pesquisar a língua em sua origem o Português arcaico e o latim.
Já que poetas não tem leitores, não são editados.
Temos que pesquisar e inovar ir além de nossos limites. Penso em resolver o problema da edição de livros dar um jeito de baratear o custo de publicação e com qualidade gráfica.
Devemos voltar a publicar em papel. Para difundir a poesia.
Hoje é fecundo as letras mundo afora. E cabe a nós e não governos achar a solução. Os sarais se proliferam Brasil afora. Vamos que vamos. Nossa língua é nossa mãe pátria. E vida.


http://www.elsonfroes.com.br/bocage.htm

Nenhum comentário: