Seguidores

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Movimento dos sem trabalho
Não sei se foi usado como boato contra a candidata Marina mas a mão de obra esta cada vez mais precária retirar estes direitos seria o máximo de uma sociedade, cada vez mais liberal.
O sindicalismo já não tem tanta força. E a mão de obra no Brasil esta cada vez mais precária.
O trabalhador precisa se organizar com tantos movimentos sociais nascendo porque não Os sem trabalhos?
Não vejo um movimento social forte contra a cada vez mais precarização da mão de obras.
Não tem mais emprego em larga escala na industria como foi até os anos oitenta.
E o trabalhador esta cada vez mais prejudicado sem uma politica efetiva de valorização do trabalho.
Este sim deveria ser o tom do debate eleitoral.
Governos devem criar leis que favoreçam a criação de cooperativas e desenvolver
o que chamam de economia criativa.
Retirar os poucos direitos dos trabalhadores seria uma injustiça social o chamado custo Brasil deve ser combatido em outras frentes.
Mesmo com o PT a liberalização toma conta do pais. E o PT faz muitas resistências.
Imaginem com presidentes mais frágeis? Enfim que pais estamos querendo construir.
Um pais precisa de movimentos sociais cada vez mais forte. E o MTST de São Paulo tem posta na ordem do dia a questão de moradia.
Mas na questão de geração de renda os movimentos sociais deixam a desejar. Afinal Sindicatos virarão meras estruturas burocráticas sem nenhum vinculo com o Brasil que nas ruas clamam por grandes mudanças sociais.
Por isto muitos não querem ver bandeiras nas ruas?
A sociedade esta em uma grande e fecunda transformação.
JOKA
João Carlos Faria

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/09/1518175-marina-nao-vai-mudar-clt-para-tirar-beneficios-diz-economista-do-psb.shtml

Nenhum comentário: