Seguidores

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

João Carlos Faria

Uma breve lembrança em memoria a Eduardo Campos.

Leio vorazmente poetas. Vejo as noticias do mundo. Ouço cantares.
Vida em abundancia.
Viver se faz necessário em bravios mares, ou em calmarias.
A cidade anda fria. Nos homens estamos frios diante da vida.
As escolas reproduzem nossas incertezas, traduzidas em vãs teorias.
Não ponho pensamentos de outros entre aspas os cito.
Não me seduz as regras acadêmicas apenas tento entender e cumprir.
Como eram belas as mulheres de Atenas.
Quando andava com Sócrates debatíamos a vida.
Hoje debatemos a vida diante de uma maquina de esfriar corações.
As vezes ela também esquenta depende do uso.
A mídia nos idiotiza, a escola nos mantêm alienados.
Estava chovendo o avião decolou. O homem com sua vã ciência
acredita que pode desafiar a natureza.
E temos que conviver com uma perda. E como em funerais que
as pessoas debatem as heranças. O pais debate o futuro das eleições.
E assim somos uma nação.
Tantas coisas em nossas cabeças. Tudo por construir e o politico me cisma
de morrer?
Pra que morrer numa hora destas? Ele teria tanto tempo ainda
para partir.
E Deus esta escrevendo por suas linhas tortas, jornada cumprida.
Eduardo Campos descanse em paz.
Quando caminhava em Atenas ao lado dos filósofos eu ainda mero cão
a observar o mundo.
Como o que tentava salvar os peixes num video.
Ouço o cantar Português por acidente saio da idiotização que a mídia nos
provoca como diria Os Titãs o sorvete me deixou gripado pelo resto da vida.
A cidade não acontece ao menos para mim.
Ouço a música Portuguesa de João Pedro Pais, Rui Veloso.
A cidade vibra.
Leio vorazmente poetas.
Bocage passou pelo meu quarto me deu um recado.
Pena que me esqueci. Vamos para as ruas o verdadeiro palco de grandes transformações
sociais. Não vamos temer os cães de um estado violento. Ou aceitar acordos de bastidores.
Migalhas jogadas ao chão nos move. Não é hora de sacoalhar bandeiras de políticos nefastos.
Eles já não nos enganam.

Joka


Foto Cesar Pope numa viagem a India, Nepal.
Músíco João Pedro Paes Músico Rui Veloso

Nenhum comentário: