Seguidores

quarta-feira, 23 de abril de 2014

João Carlos Faria

Barbárie ao atravessar desertos

Entregar-se a vida.
Círculos, círculos, círculos .
A esperança numa água num deserto.
Palavras.
Caminhantes por entre o som de cantares.
Mulheres em desertos.
E a barbárie que nos cerca.
Escravos de nossa febril ignorância.


Joka    

Nenhum comentário: