Seguidores

domingo, 30 de março de 2014

Os mutantes


João Carlos Faria

A vida é assim

Já é tarde ouço MUTANTES leio poemas sobre
a ditadura.
Escrevo textos políticos.
E não me cala no coração a vontade da poesia.
O Sol se faz quente.
Casa vazia. Canário silencioso.
Vida em abundancia.
Semana para se iniciar.
É Domingo inicia-se a semana.
E tem sempre no inconciente um certo jeito de final.
Poesia na vida. No marasmo.
O que nos falta ousadia?
A vida é assim.
Deve a ter ser diferente?
Quero caminhar pela América Latina.
E padre Anchieta caminhava mais de cem quilômetros
pelas praias. Que exemplo.
Que os pássaros cantem livres da gaiola.
Que as leituras politicas nos levem a reflexão e se transforme
em ação.
Que os anjos digam Amém e me permita estar na Mantiqueira.
A vida acontece por entre livros, caminhos bate papo entre amigos.
Leituras virtuais.
Orações.
Preciso aprender a joelhar e agradecer ao Pai.
A vida é bela. Devo deixar de assistir novelas?
Já é tarde. Vou desligar o computador.
E aprender a amar.
E orar.


Joka   

Nenhum comentário: