Seguidores

sábado, 8 de março de 2014

João Carlos Faria

Não mudaremos nada mas tentar é um desafio.


E Capitão Gancho sempre a espreita de Peter Pan.
Porque muitos de nós insiste em viver na infância?
Porque tantos insistem na adolescência que nunca acaba?

Agora sim desligar o computador.
E dormir não arrisquei um poema.
Também são tantos os talentos.
Que me encabula.
É a vida.
Gente que sempre brilha.
É noite e almas navegam pela escuridão.

E a vida repleta de desertos.

De almas sedentas de vida.

E a flor sempre nasce no asfalto.

E a chuva sempre inunda o deserto.

Quantas vezes caminhei sem destino.

Não mudaremos nada mas tentar é um desafio.

Ontem estava em Amsterdã e não era real mas estava.
Ontem vi palácios. Visitei choupanas.
Nadei no mar do Caribe.
E brinquei nas areias do deserto.

E Capitão Gancho sempre a espreita de Peter Pan.
O que podemos fazer além de sonhar?
Utopias são meros sonhos que se desfazem,castelos de areia.
REAL mesmo é o próximo que nos cerca.
Nos questiona e nos transforma.
O resto é utopia.

E Capitão Gancho sempre a espreita de Peter Pan.


Joka
 

Nenhum comentário: