Seguidores

domingo, 23 de março de 2014

João Carlos Faria

,

Quando a criatividade cessa é momento de silenciar-se.
De refletir a vida.
Se desligar do mundo.
E buscar o silencio.
E se o tempo não existe porque tudo passa?
Só a dia e noite. E a ampulheta mera fantasia?
Não existo e existo. Quantas dimensões.
E eu aqui. Dentro de mim.
, Meu coração bate. E faz pulsar a vida.
Não sou virgula e ponto.
E não cessarei quando meu coração não mais bater.



Joka

Nenhum comentário: