Seguidores

sábado, 24 de agosto de 2013

JOKA

A humanidade é bela e não merece a escuridão

Ouvir o som de mantras em uma rádio. Enquanto enfrentamos nossos desafios … A vida se faz bela … Ouvindo música das esferas … Quantas notas musicais existem no universo. Que nossos ouvidos não capitam … Ouvir … Sentir e recitar mantras mesmo em meu tom desafinado ..
É sem tir a presença divina … Negada por muitos … As vezes em nossas atitudes nos fazemos ateus … Pois nossas atitudes que nos avalia. Não nosso discurso. Vale o que de fato adentra a nosso coração. A sabedoria é a somatória de muitas experiencias … O amor nasce em nosso coração. Hoje acredito em Deus independente de qualquer religião. Busco meu religar a mim mesmo.
Cada ser humano é uma historia e uma multiplicidade de experiencias entre Mal e Bem ..
E não sou diferente … Enquanto aprendo o amor ao chão da escola …
Enquanto na maturidade me esforço para entender os compromissos sociais … trabalho … estudo ..
E o religar-se a minha essência …
O caminho se faz difícil pois queremos que o seja … Quantas pedras há nos caminhos?
Mas uma estrada sem pedra se faz monótona … Eu que caminho sei … Como é bão um raio de Sol na nossa Gotam Cyti … Como é bom fazer um poema de uma amiga voltar a minha mente … Depois de bastante tempo. E recriá-lo em minha memória a minha maneira …
E afinal o que é a poesia ? Manifestação da essência … Também um poema que criei sobre o sol volta a minha memoria ..
Se faz vivo … E o poema de Elizabeth Souza esta em minha memoria e gravado em um velho CD …E a Cidade das Palavras é todas as cidades …
Hoje caminhei por um parque. E fiquei ao aguardo de outra pessoa … Tem hora que saímos as ruas para colher pessoas.
O ser humano se faz a única necessidade de outro ser humano …
A humanidade é bela … E não merece a escuridão …
Em poemas antigos escrevi que as baratas são essências e o homem não … Hoje discordo deste poema que esta no livro Retinas …
Já se faz urgente um parto de outro livro …
E o que é o livro uma garrafa jogada ao mar nada mais …
Que alcança algum coração …
Que saudade … Do poema que ainda não escrevi … Que saudade da música que não compus …
Quero ver o filme de um roteiro que ainda não desenvolvi …
Meus caros tudo já esta criado em meu coração … De resto é manifestar-se …

João Carlos Faria

Rádio Esoterica FM

http://www.esoterica.fm/

Nenhum comentário: