Seguidores

quarta-feira, 31 de julho de 2013

JOKA

Canto ao amor solar ...

Mergulhar no infinito … Nadar em meio as estrelas …
Dançar em cachoeiras desnudo …
Ao som de músicas das estrelas …
Ouvir o silencio da mata … E não há silencio na natureza …
Cantemos a vida … O som nos eleva …
Dancemos saltemos devemos amar a nós primeiro …
Para nos reconhecermos no próximo …
As madrugadas passam devagar …
E a cabeça pesa … E as lembranças da vida …
E somos jovens ainda temos muito a fazer …
Temos muito a criar …
Acordei, almocei e fui ao Parque de Minha Cidade …
Contemplar a luz Solar …
A vida … Se fosse um dia frio também iria …
O Sol brilha em nossas almas …
A Luz eterna nos criou …
Amemos a vida …
Dancemos a vida …
Amemos uns aos outros mas que seja de alma para alma …
De corpo para corpo …
Mergulhar no infinito … Nadar em meio as estrelas …
Dançar em cachoeiras desnudo …
Dancemos saltemos devemos amar a nós primeiro …
Para nos reconhecermos no próximo …


João Carlos Faria

terça-feira, 30 de julho de 2013

JOKA

Deixemos de ser trabalhadores … sejamos empreendedores ...

A crueldade de viver num pais chamado Brasil. Vivemos num pais onde a especulação imobiliária é alta. As pessoas não tem direito a moradia de qualidade em Belo Horizonte famílias e mais famílias acampam em frente a prefeitura. Nas grandes cidades projetos de boa intenção como Minha Casa Minha Vida inflacionaram o preço de imoveis. E as famílias são jogadas para as periferias dos grandes centros.
E ai nada muda o transporte é caro. Nas periferias as escolas estão precárias. Uma adutora estourou
na periferia do Rio de Janeiro cidade onde temos grandes obras para a Copa e Olimpíada e as pessoas morando em grandes favelas onde o trafico da as cartas. Sem nenhuma estrutura básica decente nestas comunidades.
Geralmente pensamos em parar de escrever de usar redes sociais mas estar em silencio me parece ser conivente com este estado de coisas.
A corrupção no poder público é alta. E tudo esta tranquilo novamente depois das ondas de protesto em junho.
Um novo movimento social não se constrói sinto MUITO não sabemos nos organizar e perpetuamos esta maneira individualista e capitalista de viver.
Estes jovens se dizem anarquistas? Mas cade a construção de cooperativas. Ou uma nova proposta de nos organizarmos economicamente?
Será que as empresas de transporte não poderiam ser coletivas dos trabalhadores em forma de cooperativas?
Não se pode ter construtoras em forma de cooperativas? Ser trabalhador não nos leva a lugar nenhum. Precisamos criar uma economia de forma empreendedora.
Temos que deixar de sermos coniventes com este sistema em que vivemos concordo com o filósofo
Pondé em parte. Devemos ler de Adam Smith a Marx. Devemos refletir nesta geração que consroi programas comunitários com LINUX. Não se abole a economia , mas pode se criar alternativas econômicas a esta sórdida maneira capitalista de viver.
Não se deseja que empresas jornalisticas fechem as portas mas desejamos que empresas comunitárias de comunicação nasçam.
O Brasil não precisa copiar Cuba, Venezuela ou Estados Unidos como Darcy Ribeiro sempre falava podemos construir uma grande nação tropical.
Criar novas alternativas econômicas e sociais. Precisamos de uma reforma em nossas cabeças em nossa maneiras de ver e fazer politica. Se não adiantará em nada criar partidos ou fazer a reforma politica.
Temos uma bela constituição e temos uma nação?
Realmente temos amor por nossa comunidade? Por nosso pais ?
O novo precisa nascer mas precisamos nos reeducar. Precisamos rever nossos conceitos.
Chegar de sermos um pais de gente individualista. Chega desta vaidade em sites de relacionamento. Afinal ninguém lé ninguém e todos se aplaudem , mas não se percebem. Todos falamos e ninguém dialoga.
Estamos sós. Precisamos estar juntos. Ou como canta Chico Buarque vamos ficar vendo a banda passar … E o Papa passear …
Agora é a hora de reais mudanças ou continuaremos a tagarelar nas redes sociais …


João Carlos Faria

segunda-feira, 29 de julho de 2013

JOKA

Midiática

Numa sociedade midiática em que achamos que devemos divulgar tudo. Começo a refletir em sair de cena … Abandonar sites de relacionamento ou diminuir seu uso para que afinal precisamos de tanto?
Nossa vida pública deve ser privada. Nossas emoções e pensamentos devem ser colocados a todos os momentos? Para existir não se precisa estar em redes sociais?
Precisamos escrever a todos os momentos? As vezes silenciar-se é a melhor atitude que podemos tomar. Não mudamos nada. Então concentremos em nós.
E façamos a diferença para nós mesmos ...


João Carlos Faria

quinta-feira, 25 de julho de 2013

JOKA

São José dos Campos ...

Cidade … a cidade … Se escorrega … A cidade brinca …
A cidade dança …
Feliz cidade …

Feliz São José dos Campos …
Que cidade de Mantiqueira ..
Banhado …
Banhado...
Banhado …

Cidade … a cidade … Se escorrega ...A cidade brinca …
A cidade dança …
Feliz cidade


João Carlos Faria
JOKA

O diferencial é agir. 

Bem refletido o comentário do leitor Renato Coelho na edição eletrônica de O VALE questionando o atraso da intranet da prefeitura. 
O poder público Brasileiro não se atentou de fato as recentes manifestações de Junho no pais.
O PT se engalfinha enquanto no horizonte talvez perca o osso do poder. Falta muita responsabilidade pública neste pais. A tradicional esquerda perde seu monopólio nas ruas. E a administração petista em São José dos Campos continua a patinar.
Talvez seja os anos de acomodamento e benesses pública que fizeram estes homens de esquerda estarem acomodados?
Falta eficiência, falta uma boa leitura dos reais problemas da população ?
Carlinhos Almeida ainda tem tempo para se reinventar. E parar de patinar. Mas que não use de manobras e marquenting. Pois isto não nos engana. Nem de ideologias esvaziadas com o tempo.
Estamos no século vinte e um. E nem tudo nos ilude.
A prefeitura deve ser dotada da melhor tecnologia que se oferta hoje. E por favor sem superfaturamento ou coisas do gênero. Chega.
Precisamos de ousadia. Carlinhos precisa romper com as velhas práticas politicas precisa se antenar.
O mundo se transforma. E a sociedade já não esta mais calada. E começa aprender a se organizar longe dos partidos políticos.
O MPL é só um dos movimentos que começam a nascer.
Nada é como era antes devemos mudar nossas táticas politicas. E transformar esta cidade e este pais.

João Carlos Faria

http://www.ovale.com.br/nossa-regi-o/presidente-da-urbam-assume-chefia-de-gabinete-de-carlinhos-1.428364

Hã,hã!!Trabalho diferenciado!!!Diferenciado da população!!!Basta ver o Nac que é administrado pelos tecnocratas da Urban, que não sacaram ainda a deficiência do sistema de computadores com processadores "Lentium" e intranet velocidade"tipo net".O cidadão vai nas Ubs e sentem "por tabela" a ineficiência técnica e a falta de equipamentos, periféricos,monitores jurássicos,e enorme atraso tecnológico a que estão submetidos os servidores da linha de frente e a população!!Depois querem acabar com a fila!!De que jeito?Entra ano e sai ano e a ineficiência continua!!PAREM DE ELOGIAR, VOCES PARECEM QUE NÃO TÊM A MÍNIMA CAPACIDADE DE "SENTIR NA PELE" O QUE ESSA FALTA DE COMPROMETIMENTO E PRO ATIVIDADE REPRESENTA DE PREJUIZO PARA O CONTRIBUINTE, O PACIENTE E OS SERVIDORES!ACORDEM E SAIAM DO MUNDO DE POLLIANA!!
Comentado por Renato Coelho, 25/07/2013 22:09

http://www.ovale.com.br/nossa-regi-o/pre

terça-feira, 23 de julho de 2013

JOKA

Brasil sem lei

Vivemos os tempos de ameaça ... Mas não é tempos de democracia?
Como alguém ameaça Eduardo Pereira ?
Que ousadia ... Da mesma maneira que sequestram de forma relâmpago um sociólogo no Rio de Janeiro.
Da mesma maneira que fizeram o Afro Regae fechar um espaço de arte no morro do Alemão.
Não é para intimidar estas pessoas. E sim todos os cidadão Brasileiros.
A democracia não pode aceitar ameaças ... Liberdade de expressão enquanto tivermos vida ...
Acabo de ler uma entrevista de Glauco Matoso é impactante num Português arcaico ... Numa linguá que não se escreve mais ...
Felicidades Eduardo Pereira.
Faz parte da corda da forca e da democracia ...
Não acredite em ameaças. Também já fui a muito tempo o estomago dá uma sensação terrível …
Mas a sensação da escrita nos alivia e nos liberta … Coragem meu irmão …
Se enforque na corda da liberdade como canta .. Abujanra ...


JOKA ...

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Seis horas, vou trabalhar sem trabalho ... Não dá para ficar ...
O trabalho danifica o sono .. O trabalho liberta-nos dos credores ...
E nos faz consumidores ... Enquanto o tempo não passa ... Somos mercadorias ...
Cadé a navalha estou sem cartão de crédito. O deixo bem guardado ...
Até amanhã ... Boa noite ...
Enfim o trabalho nos danifica ...
E a ilusão nos embriaga ...
Afinal quem somos? E o que construimos?

JOKA

domingo, 21 de julho de 2013

JOKA

Coração

Mares bravios … Olhares e navegar …
Mantiqueira ao longe de meu olhar ..
Adentro aos segredos das montanhas …
Seu coração fala comigo …
Pássaros me levam em suas garras ao centro do planeta …
Navegamos em direção ao rei da terra …

A terra … Gaia … Mãe …
O espirito da floresta …
Nos conduz nas trevas …

Diógenes cade Diógenes e sua lanterna …???
Cade homens solares …???

Eternos homens sombrios filhos da lua …

Gaia .,.Terra ...Mantiqueira …
Só o amor nos faz alquimistas ..
Sentidos deturpados …
Dor e desordem mental …

Ó pobre humanidade …
Desconectada do ser …

Mares bravios olhares e navegar …
Um peixe incendeia um lago …

Adentremos a nossa caverna sombria …
Precisamos de uma lanterna …
Precisamos de amor em nosso coração …

Mares bravios … Olhares e navegar …


João Carlos Faria   
JOKA

Arte o negocio do ócio

Desculpem cansei de escrever sobre politica por estes dias talvez seja a ressaca das manifestações de junho que tiveram no Brasil.
Estou com fome de poesia. Estou com sede de arte. Esta arte que nos move a viver que nos faz criar. Neste momento ouço Força Estranha de Caetano Veloso e hoje uma pessoa me pediu vários discos ela os coleciona para buscar na internet os nomes da música pensei se estivesse com minha câmera? E ai depois ponderei é muita exposição de modo desnecessário vale mais a poética do momento sobre a luz do sol numa banca de revista. A vida se faz urgente e não devemos viver de marketing. Somos frutos desta sociedade mediática queremos desnecessariamente as luzes?
Não precisamos de nada disto. Nos tornarmos populares não nos faz ser felizes. Vivemos nesta atormentada sociedade capitalista. Agora sou louco a ouvir Balada do Louco com Ney Matogrosso as musicas fazem parte de mim as canto todo os dia mas só.
Ando a refletir sobre minhas futuras açoes culturais e politicas em nossa sociedade o marketing tomou conta da originariedade … Ja fui muito marqueteiro queria estar na mídia a qualquer custo. É a influencia da perversa industria cultural. Hoje reflito muito se irei lançar outros livros? E para que lançar livros?
Meus textos geralmente são todos publicados não fico produzindo material inédito. O livro para mim seria para preservar alguns textos.
Mas vejo a necessidade hoje do registro em papel. Ajuda na divulgação de nossos escritos imaginem uma ação com a divulgação de um jornal com uma tiragem de dez mil exemplares numa Flip?
Precisamos pensar em criar editoras, gravadoras, produtoras de documentário e cinema.
A região em que moro o Vale do Paraíba e suas proximidades com o Sul de Minas Gerais é de uma grande riqueza artística e cultural.
Mas as produções só estão focadas na arte educação nada contra. Mas falta uma força da iniciativa privada e o poder público para a produção artística.
Falta descobrirmos como criar obras que também tenha um apelo comercial que alcance o mercado.
Dias destes comprei um livro de Nietzsche A gaia Ciência pela editora Escala por dez reais. O caminho é este , mas como firmar novos escritores. Quais são os critérios de uma linha editorial.
Acabei me perdendo na seleção de poetas para os cds de poesia que já editamos pelo projeto Cidade das Palavras junto com Marcelo Planchez e colaboração de Elizabeth Souza. E no fim produzi meu CD O destino da chuva.
É um caminho produzir autores em separado. Pois cada um tem sua linha enfim devemos debater os caminhos da produção artística e cultural de hoje no Brasil.
Acredito na necessidade de um fundo de cultura e arte no Brasil nos Estados e Municípios mas não só voltado para arte educação que seja amplo geral e irrestrito.
Enfim devemos aperfeiçoar o mercado e o poder público gerando transparência.
O Brasil é repleto de talentos em várias áreas e precisa de incentivo e formentação.
O debate da politica artística e cultural e amplo. E deve acontecer constate mente para chegarmos a um pais plural.
E já chegamos a conclusão que só votar não muda um pais. Nossos vícios estão em nossa cultura.
Enfim precisamos pensar, trabalhar e agir. E nos reinventarmos enquanto indivíduos e de forma coletiva.


João Carlos Faria
JOKA

Ética 

O herói do Brasil ... Joaquim Barbosa o chefe da ética brasileira .... O paladino da justiça comprou apartamento de um milhão de dólares nos EUA ...
Eita Brasil com seu jeitinho e suas mafias ... O mau caratismo nesta nação é grande ... Precisamos aprender o real valor da honestidade ... No domingo lotamos igrejas... templos católicos, evangélicos ...espiritas ... E na manha seguinte se tivermos chances compramos apartamentos de um milhão de dólares ...
Deveríamos usar mascaras de José Dirceu ... Fernando Henrique ... No fundo esta nação é conivente com os PMDB ... Nos anos setenta tinha o comercial do Gérson levando vantagem ...
Acorda Brasil sem ética continuaremos a ser um pais macunaima sem nenhum caratér ... Acorda Brasil precisamos aprender a escolher nossos parlamentares … Só votar para presidente não basta …



João Carlos Faria

sexta-feira, 12 de julho de 2013

JOKA

DERROTA

Ouvindo canto Gregoriano levemente reparei que é só homens?
As religiões de um Deus único parecem que acham que Deus é só masculino?
Esquecem do poder feminino e de sua presença no universo.
A sociedade ATUALMENTE tem muito que reformar até as religiões.
E o sistema tenta nos por cabrestos em tudo. Marginal é quem tenta se libertar das amarras que nos são colocadas.
Mesmo que lutem uma vida toda é a luta seja perdida.
Enfim estamos em luta contra tudo e contra todos até nos mesmo.
A felicidade não é uma utopia. Mas é fruto de muito cansaço e trabalho … árduo ...


João Carlos Faria  
JOKA

Ausência liquida

Por entre bombas e gás lacrimogênio … Mergulho num rio de águas bravias … Enquanto a cidade se desfaz. Estou no meio liquido …
Precisávamos de oxigênio … A liberdade é a regra e não a simples violência .. Os gestos falam mais que qualquer palavra … E ações terão reações …
A cidade se desfaz em ódios sem necessidade … Por ausência de dialogo ..
Já não há cordeiros … Estamos cercados por lobos …

Por entre bombas e gás lacrimogênio …. Mergulho num rio de águas bravias … Enquanto a cidade se desfaz … Estou no meio liquido ...
Cercados por lobos de todos os lados … E o povo enquanto cordeiro imolado …
E o povo na mão de cães algozes que latem em seu nome ..
Em nosso nome … Cães latem … Nos mordem e nos esfolam ..

Por entre bombas e gás lacrimogêneo …
Fico em silencio … Sem resposta ?
Eles mentem ferozmente …
Eles mentem … São vazios …
Cães sem alma …
Mergulho num rio de águas bravias … Enquanto a cidade se desfaz …
Por pura ausência de dialogo …
Sinto muito já não há o que escrever …
Só nos cabe agir …
Mergulho num rio de águas bravias …Enquanto a cidade se desfaz ...


João Carlos Faria

quinta-feira, 11 de julho de 2013

JOKA

Após confronto com guardas, MPL desocupa rua em frente ao Paço

O Vale 11 de Julho de 2013 …

É meus caros uma vez no poder eles mudam e ficaremos mudos. As táticas do MPL são clássicas da esquerda. O governo de Carlinhos Almeida foi eleito para mudar. E esta atitude de por a guarda para tirar esta juventude demonstra um grande autoritarismo por parte deste governo. Que em sete meses se desgasta muito perante a população joseense. O transporte é caro. E porque a prefeitura e a câmara não fazem um debate. E buscam alternativas para resolver a tão chamada mobilidade urbana um nome chique mas a população quer é qualidade de transporte.
Espero que este governo se reconcilie com a população da cidade. Se não teremos quatro anos de um governo tumultuado que não conseguirá governar.
O Brasil esta mudando já não é mais prerrogativa do PT e da CUT coordenar movimentos de massa.
Os Partidos Políticos estão perdendo o bonde da história já passei pelo PT e PV.
Espero que Carlinhos ache novos caminhos. Porque esta ganhando rapidamente uma grande antipatia por parte de muitos cidadãos.
É não é com marketing e pesquisas que vai mudar isto. Precisa de atitudes de dialogo. E não este autoritarismo mostrado com a retirada desta juventude.
Que começa aprender a se organizar. E não importa se usam ônibus ou não. Direitos são direitos.
Vivemos num pais onde a corrupção é alta em vários níveis de governo. Os recursos são mau usados. E precisa um choque de bom senso e não de violência pública, gás lacrimogêneo e cassetetes. Violência gera violência. Ouça o profeta Gentileza … E dialogo pode gerar dialogo. Esta cidade não precisa se transformar num kaos.
Precisamos gerar harmonia. A juventude precisa de oportunidade, precisa de emprego de arte e cultura.
Fui numa parte do orçamento participativo no Motorama e me deparei com um grande prédio da casa do idoso.
Para que temos que dividir a sociedade em idosos,gus, jovens e qualquer nomenclatura a cultura a arte nos une e não nos divide.
Carlinhos Almeida o senhor foi eleito com o compromisso de criar uma cidade de dialogo e não de truculência e violência.
Abra suas salas no sétimo andar para o povo. Como diria Lula em suas campanhas sem medo de ser feliz.


João Carlos Faria    

quarta-feira, 10 de julho de 2013

JOKA

Esta é uma cidade que vai pra frente hó hó hó ….

O governo Carlinhos de Almeida esta se tornando uma grande incógnita? Esta dando alguns passos ousados para um inicio de governo como criar os impopulares corredores de ônibus numa cidade que a maioria prefere o automóvel. Conseguiu o projeto do VLT mas que não chega até o centro.
E deixa seus eleitores de esquerda com o cabelo em pé. Sem falar na decepcionada militância petista ?
Enfim Carlinhos de Almeida não esta nem a direita nem a esquerda esta em marcha? Espero que não seja em marcha ré. Este politico foi eleito pela oposição por voto de protesto contra os dezesseis anos de PSDB. E em seu governo continua muitas e muitas pessoas do PSDB. Enfim demonstra um grande conservadorismo. E as pessoas não estão quietas se mobilizam nas redes sociais e em breve nos bastidores políticos.
Como fica o PMDB do vice prefeito Itamar Cópio que apoiou esta mudança? Só o PMDB já bastaria como centro. E mais o PSB. Agora Carlinhos quer abocanhar o PSDB?
Epa a há algo errado nisto? Lutamos por mudança e vamos exigir mudanças. Espero que o uso das redes de relacionamento tenha um uso politico além de organizar protestos em massa.
Novas lideranças estão se fortalecendo. Só falta uma organização maior. Queremos uma cidade que avance socialmente. Que trate a todos com respeito. Então Carlinhos continuará em suas escolhas? E uma grande parte de seus eleitores te dará respostas já na nas eleições do ano que vem.
É bom que use sua experiencia enquanto parlamentar para dialogar com os agentes políticos da cidade.
Queremos mudanças. Mas que seja progressista e não use a truculência de chefia do executivo municipal a cidade não é sua e de todos.
Cade nossos vereadores diante de tudo isto ? Mostrem sua liderança. É uma pena a ausência de Eduardo Cury e Emanuel Fernandes neste debate.
Num momento que a cidade precisa de seus políticos de todas as matizes ideológicas  eles se ausentam.
Enfim somos cidadãos e não abrimos mão da construção social e politica de nossa cidade.

João Carlos Faria    

terça-feira, 9 de julho de 2013

JOKA

Algemas

liberdade?
Quanto nos custa a liberdade?
De fato sabemos o que é liberdade?
Somos preso as nossas realidades. As nossas meias verdades …
A padrões de comportamento … O politicamento correto nos cerceia … O trabalho nos cerceia …
A academia nos prende em seu jeito de pensar. Até a poesia pode nos aprisionar?
Então a família? A religião .. Quando seremos nós mesmos?
Se todos de uma forma sutil querem nos impor seu modo de agir. E acabamos como autômatos …
Frutos de nossa dia a dia … De nossos medos e desejos …
Quantas algemas … Cade a liberdade?
E quantas e quantas pessoas acabamos em nossos atos imbecis sem pensar acabamos reprimindo.
Liberdade?
Desculpem ainda desconheço a liberdade … Quando eu sair desta caverna escura talvez traga uma fresta de luz …



João Carlos Faria
JOKA

Canção ao poeta …

Reginaldo é poeta … Trafega pelas ruas … Espalhando poemas …
Quando nos ônibus fica de olho na cidade … E compõem poemas …
Cria letras de músicas para serem feitas por Al e Freitas …
Reginaldo passeou indiguinado pelo entulhos do Pinheirinho ..
A poesia para ele deve ser servida no prato … Bem quente ou até fria …
Reginaldo talvez não seja presença em Shopping … A poesia para ele segue a tradição da Rádio Aguapé … Celebração ao renascimento da poesia é para estar na rua …
Quer fazer banquetes poéticos no natal … E porque ainda não fez …???
Reginaldo pai de Brisa marido de Zenilda … Brisa segue pai e mãe e adentra a poesia …
Eita família … de muitos amigos .. Que junta as diferentes tribos da poesia …
Pois poetas se dividem em várias tribos dos mais radicais inconformados aos moderados …
Eu meio que sou maldito esquecido pelo que se acham estabelecidos … Enquanto nem meio por cento de leitores leem poesia …
Portanto a poesia a literatura deve ganhar as ruas … Escolas … já conquistou a internet … Devemos criar editoras … Gravadoras e produzir filmes … E peças teatrais...
Chega de politicamente correto … Não sei se Reginaldo concorda comigo …
Mas sua poesia se espalha pelo planeta … E a São José dos Campos de hoje tem uma enorme safra de poetas …
Enfim que Reginaldo Poeta Gomes nos traga livros ,,, Manifestos ,,, E muita poesia no prato …
Nas ruas da encantada São José dos Campos …
Reginaldo é poeta … Trafega pelas ruas … Espalhando poemas …


João Carlos Faria