Seguidores

sexta-feira, 26 de abril de 2013


JOKA

Febril ...


A noite. A febre e a dor. Desejos, cansaço. Vida. Quantas vezes vem o cansaço. Que sim faz parte da vida. Como os medos. É a vida … Cheias de novidades, paginas em branco a cada dia sendo preenchida.
Nada se repete. E nem tudo é novo como canta o Eclesiastes. Mas viver com dores faz parte. Com angustias temores. Só assim descobrimos nossa felicidade. O cotidiano deve ser experimentado com muita novidade. Pois nele descobrimos pessoas novas. Pessoas que nos contam suas histórias de vida que para mim nunca é comum é singular. Cada ser humano pode gerar grandes obras. Cada ser andante pelas ruas há um universo de infinitas vivencias. Cada um é um livro. Uma parte da historia
do planeta. As vezes nos dizem mais que inúmeros livros que lemos.
E assim seguimos nesta jornada bravia pela vida … Vida plena de prazeres, amores e sabores.
Pelas avenidas de bairros que quase nunca visitamos. Que nos traz um olhar novo pela cidade.
O cotidiano este que as vezes nós reclamamos. Imaginem uma vida em férias cheia de facilidades.
Seria monótono não nos acrescentaria em nada. Não teríamos vivencias.
Para vivermos bem devemos sempre tem um olhar novo para o mundo.
E assim fazemos nossas jornadas …

João Carlos Faria

Nenhum comentário: