Seguidores

segunda-feira, 8 de abril de 2013


JOKA

Cada um que saia para sua caçada …?

Enquanto saímos para procurar empregos … A cidade esta viva … Forte … Cheia de energia …
a vida é esta. Viver rotinas nos fazem vivos. Mesmo que não gostemos das rotinas. Ler noticias do dia em jornais velhos. As noticias são sempre as mesmas. A música é sempre a mesma. E Chico Buarque disse que nos esquecemos das canções. Nem tanto caro mestre ouço neste momento ouço uma rádio de MPB. A MPB esta mais forte do que nunca. A vida pulsa e não nos adianta criticar governos. Criticar o sistema. Esta tudo ai para vivermos. Eles governos não nos dizem nada em nossa rotina. Estamos vivendo uma sociedade liberal. Cada um que saia para sua caçada? Eles governantes só querem nossos votos. E de resto mais nada. E vamos em frente na guerra urbana de cada dia. Estamos cada vez mais individuais, cada vez mais sozinhos. O outro não nos interessa a não ser que nos de algo em troca. E a vida se esvai, com ideologias mortas. Com partidos políticos mortos. E leitores de velhos jornais em bibliotecas cada vez mais vazias.
E quando passamos em frente a uma loja de sex shopping. Um menino de uns cinco anos diz mãe este modelo da loja este homem esta usando calcinha. E mãe diz que não esta.
E enquanto debatemos sobre a sexualidade humana na internet e na mídia um jovem é espancado por beijar outro homem. É o mundo em que vivemos cheio de militantes virtuais.
E a coragem de dizer através de um tela de computador. E o mundo das ruas se faz outro. Se faz de amor. Se faz de assalto. Se faz de trabalho. Cheio de desempregados na rua. E as escolas vazias de conteúdo. E o ser humano não sabe mais para que esta aqui. Se perde na ilusão da matéria. Na facilidade do sucesso econômico. E se se esquece da importância da família, dos amigos. E se esquece do amor ao próximo. E a vida segue será que continuaremos a querer viver num mundo cada vez mais individualista. O outro importa sim. Devemos acreditar nisto. Devemos nos emocionar sim quando vemos um comercial dos médicos sem fronteiras.
Devemos estar preocupados com quem nunca vimos. Devemos questionar governos pela ausência de investimento no social.
A vida é para ser vivida ... enquanto saímos para procurar empregos a cidade esta viva … Forte cheia de energia ....


JOKA

João Carlos Faria     

Nenhum comentário: