Seguidores

segunda-feira, 22 de abril de 2013


JOKA

Apos ler Gregory Corso …na página de Léo Mandi ...


Caímos,no fundo do abismo.
O sangue fervia. Estranhamente estávamos mortos.
E caímos nos infernos. E Caronte tinha uma cara apavorante.
E não tememos. Vamos enfrentá-lo …
Vamos jogá-lo no lago.
Pegar Satanás a unha … Afinal tínhamos dúvidas.
Vamos tomar o inferno para nós.
Sem medo. Vamos atravessar este inferno …
O velho Ginsberg gritava senhoras levantem suas saias vamos atravessar o inferno.
E chegamos ao barca, tiramos todos, enfrentamos alguns demônios.
Eu Edu Planchez … E alguns outros e um Demônio gritava pasmem pasmem …
Eles vão acabar com o inferno. E seguimos nossa jornada.
E tudo que foi narrado no livro era real.
E estranho aparentemente não tínhamos medo.
Edu Planchez delirava ao ver tanta luxúria.
E precisamos passar pelo inferno … Descer aos abismos sombrios de nossas inexistentes almas.
É Gregory Corso nos acompanhava … E a maldita geração beat …
Mas afinal o que é ser poeta …
E passeávamos pelo inferno afim de descobrir …
Pareciam séculos. Enfim o Demônio maior falou chega …
Manda este povo embora daqui …
E saímos do fundo do abismo …
Para enfernizalos …

JOKA

João Carlos Faria      

Nenhum comentário: