Seguidores

domingo, 3 de março de 2013


JOKA

Precisamos nos debater e não nos digladiar.

Por entre o cotidiano, uma gripe que não me deixa ir a Parques, idas a bancas de revista para ver se há algum escrito num jornal local. Leituras de O GRITO de Mah Luporini. Que se aventura em Sampa. E a presença em lançamento de livro de Reginaldo Poeta Gomes rever amigos pessoalmente. São tantos que não cabem num escrito. E a presença física de Ricola de Paula poeta que quase nunca esta presente. Sua escrita amadurece. Também morando na Mantiqueira. Longe da cruel vida urbana. Que Selmer retrata em sua poesia quase visual. Artes, plasticas, poemas e arte se misturam. A poesia cabe tudo pois é arte. Ver velhos amigos e uma juventude que toma conta da vida cultural da cidade é gratificante. Todos nos passamos e nos fazemos presentes. E a cidade vazia em seu centro. Quase ninguém não há mais as carrocinhas de cachorro quente na praça central da cidade. Precisamos correr para não sermos levados num cruel assalto. Mas há violência não existe é criação de jornais locais. Mentira há violência é gerada por causa de nossa insistência em não aprender a fazer politica. Como ativistas políticos são ingênuos. Não conseguimos interpretar a realidade. E contribuímos para afundar governos. Estamos desestabilizados enquanto isto a população sofre em suas periferias. Basta precisamos aprender a ler o mundo. Não cabe a nós a ausência de maturidade. Cabe nos a cruel responsabilidade. Não consigo entender pessoas que pensam num mundo de vinte, trinta anos atras. Precisamos nos debater. E não nos digladiar. Por isto gosto da leveza de Ricola. E da busca pelo novo de Selmer. A Mantiqueira nos faz bem a mesma Mantiqueira que esta a milhões de anos cercando este Vale. E tudo se faz grande. Só nosso ego deveria ser ínfimo. Mas não é. E por isto sempre acabamos sós. A vida passa. Precisamos crescer. Deixar de sermos infantis. A cidade precisa de homens e mulheres que sejam maduros. É hora de nascer novas arvores. E a vida segue …

JOKA

João Carlos Faria             

Nenhum comentário: