Seguidores

segunda-feira, 25 de março de 2013


JOKA

Ponte ?

Por entre pontes que atravessam nossos poros. Pela beleza feminina … Entre tropicalistas … E a vida por entre pontes … A vida se faz viver … Vivo no dia … Mergulho na noite … Fecho os olhos. É outono ando pelas ruas … Leio a natureza … Observo as nuvens … Estou entre o findar e o inicio. E quase noite .. E o sol se poem … E a bela … E a alma … E tudo se faz vida … Caminho pelas
ruas … Entre Tropicalistas … Já não sou narciso ? Nem preciso … Cade a ponte ? Cade o salto ?
Não vejo abismos. Estou só …

Saltar, saltar …
Estou no ar …
Cade o mar ?

Mas não se faz … Não me faço …

Pássaro … Voa …
Absorvo-me em saltos …

Construo e desconstruo …

Tudo se faz presente …

Ponte?
Ponte ?
Ponte?

Saltar, saltar …
Estou no ar …
Cade o mar?

Sigo é noite? Emoções em vã ilusão …
Bardos a cantar o século vinte e um …
Infinidades … A vida esta acontecendo entre a felicidade e a dor …
A vida se faz viver … Sejamos pássaros …
O momento é o hoje …
Saltemos … Cade a invisível ponte?

JOKA

João Carlos Faria      

Nenhum comentário: