Seguidores

domingo, 10 de março de 2013


JOKA

E as lagrimas escorrem por nossos rostos.

Dedicado a Hugo Chaves ...

A noite profunda cae. E o calor nos aproxima de nossa exaustão. A vida sempre segue. É tempo de plantar. É tempo de trabalho. Se faz urgente o tempo para o estudo. E nunca esquecendo o tempo o sagrado tempo da reflexão e da escrita. E o sol fastiga nosso coração. E pessoas contam historias nos domingos de suas famílias. E as historias se cruzam. Pessoas assistem ao mundo pelas portas da TV, Internet. Grandes lideres se vão. Via o show midiático. E alguns corações não sentem ,mas analisam ao jogo. E a educação se mercantiliza. E como podemos de fato mudar? Se mercantilizamos a politica. Ela deixa de ser ideologia, deixa de ser o amor a própria comunidade esquecemos de nossas ruas. De nossos vizinhos de nossos amigos. E estamos sós. Mas nada como um almoço de domingo em família para rever tradições para saber da vida de nossos antepassados. Um silencio e conversas na mesa da cozinha. Para que queremos fama? Dinheiro? Poder ? Se tudo se esvai como a vida de ídolos de rock que se vão a todo momento. A terra nos espera. A vida não espera. Enquanto tivermos energia é hora de trabalho, suor. E as lagrimas caem em nossos rostos. Muitas vezes de dor , mas também de alegrias. Despir-se das vaidades é um caminho difícil. E o líder politico não queria se despedir deste mundo. Ele cumpriu sua parte. Transformou seu pais o colocou no mapa da geopolítica de nossa atualidade. Deve ter errado muito , mas também fez muito. Em catorze anos não se faz tudo. Caudilho talvez mas pagamos sempre o preço? A politica é uma arte. Necessita-se frieza para compreender o imenso jogo de xadrez. Mas precisamos de um coração que ame ao povo. Ao próximo. E muitas vezes esquecemos este amor. Este vinculo social para quem nos cerca. E nada como um almoço de domingo. Ou um trabalho em cooperação com quem tem afinidades, amigos. A vida é curta e longa depende de como queremos viver. E o líder o coronel Chavez se foi deixando nos seu exemplo. E a Utopia de uma América livre. Onde tenhamos educação, trabalho. Onde possamos construir uma sociedade harmônica além das velhas ideologias sejam elas o Capitalismo, Socialismo. O novo pode se fazer real. E Utopias podem construir grandes civilizações. Enquanto formos mulheres e homens. A vida sempre esta ai seguindo seu rumo. Não tenhamos medo e sim ousadia de construir novas pró postas para nossa civilização. Hugo Chaves propunha um socialismo do século vinte e um. E ouso propor que façamos uma reflexão e busquemos uma nova construção do refletir e pensar a sociedade na qual dia a dia construímos devemos ir além de Marx,Adam Smith. E de qualquer outra teoria econômica. Devemos ousar e buscar sempre mais. Afinal que legado queremos deixar para as futuras gerações.
Hugo Chaves nos deixará com saudade. Que se vá … Companheiro Chaves ...

JOKA

João Carlos Faria                

Nenhum comentário: