Seguidores

domingo, 3 de fevereiro de 2013


JOKA

A serra da Mantiqueira a frente ...

Pés descalços … Chão gelado … as vezes quente … Navego para dentro de mim … E vejo imensas mulheres … Sempre nuas … A tarde se faz vazia … E meus demônios me atormentam … O vento balança um pé de mamão … Desligo as maquinas de criar ilusões … Vejo escritores na TV... José Eduardo Angalusa … Não durmo na tarde em bora sinta a necessidade … Caminho por minha Vila … A Serra da Mantiqueira a frente ... A vida se descortina num Domingo .. Adoro as segundas-feiras elas também são mágicas … Viver é sempre inusitado … Sinto o cheiro de ovos fritos… A vida se esvai em ampulhetas … Caminharemos por inúmeras dimensões … Como vemos fazendo desde que existimos … Há que se destina existir .?. Pensadores se reúnem nas praças das cidades … Debatem sobre Cassiano Ricardo e Monteiro Lobato … Sobre os pré- conceitos sobre fascismo, democracia e filosofia. A vida não esta sintetizada na arte … A vida é arte … E o poder sempre fascinante … Poetas, profetas abandonaram as praças em troca de ilusão cibernética … O mundo se faz nas ruas …

JOKA

João Carlos Faria

Nenhum comentário: