Seguidores

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013


JOKA

Grandes infâmias ...

Dedicado a Teles Maciel ...

A maquina e que maquina é esta acabo de instalar um virtual box. Acabo é modo de dizer um amigo instalou. E o que isto significa? Que agora tenho um Linux e o Windos ao mesmo tempo no computador que difícil de digerir. E hoje assistia Tempos Modernos de Charles Chaplin ele se deparando com a industria com a fome? E com os conflitos existentes na Inglaterra no tempo dele. O filme era mudo mas Charles nunca se fingiu de surdo nem de mudo. E dizia o que queria com seu humor. E nos deparamos com tão grande transformação e não conseguimos ou conseguimos retratar num romance, num filme todos os macetes deste chamado universo virtual ... E vi os miseráveis que lançarão Anísio Teixeira no fundo de um elevador. Que ditadura tivemos no Brasil jogar um homem num foço de elevador um homem de mais de setenta anos. Que contribuiu em sua vida toda para a Educação não só no Brasil com no mundo. Infâmia … grandes infâmias presenciamos a todo momento … O que diria Anísio, Chaplin ...Diante de todo este universo virtual, TV a cabo, tecnologia e mais tecnologias que pouco entendemos? E a perplexidades diante de conceitos budistas, gnósticos e metafísicos. Eu falava de Lobsang Rampa para uma pessoa e as verdades de Rampa pareciam bem longe … Falava de Jesus Cristo tão próximo a nós … E a vida é uma grande salada … E este universo virtual nos apavora e nos fascina Júlio Verne, HG Weels.Como estas grandes figuras humanas viriam tudo isto … 1984 … George Horwel … Todos estes livros se fazem real … Mas realmente aprendemos a amar ao próximo? A construir o amor neste admirável mundo novo como escreveu Al dous Huxley ... Esta pergunta nunca se cala … Para que tanto consumo … Bombas nucleares sendo lançadas … E a vida sendo deixada de lado … Quanta fé … A cada esquina … E a ideologia? A politica … Precisamos refletir tudo sempre … E a educação neste mundo virtual … Um giz uma lousa … E o mesmo sistema a décadas … E até mesmo séculos … O que mudar e como mudar … Devemos construir tudo juntos … Estamos numa grande teia. Num emaranhado de fios … Na grande Matrix? Como entendemos este filme … É a única obra que entende este mundo que se faz real e imaginário? Saudades de Raul Seixas que nos fazia entender o mundo. E cade um canção nova de Caetano Veloso … Onde estão os escritores, pensadores que desvem dão esta era digital? Cade a arte ? Cade a politica? … Nunca sabemos vivemos dentro do olho do furacão, e não aprendemos a desvendar o uso do celular … Quanto mais a Física … Imaginem a Metafisica … A vida é bela quero um banho de cachoeira na Serra da Mantiqueira … E tomar Sol em cima de uma pedra … E ver um por do Sol no Banhado … O jeito sempre é seguir em frente … E desvendar o amor que esta dentro do coração.

JOKA

João Carlos Faria           

Nenhum comentário: