Seguidores

segunda-feira, 15 de outubro de 2012


JOKA

A vã ilusão de poder ...

Eita século vinte e um onde a arte e transformada em produto? Só a ação cultural e na língua do povo só há projeto. E nem um movimento de buscar por uma transformação do individuo muito menos da sociedade. Quando vejo os programas eleitorais na TV me da uma tremenda ânsia de vomito. O discurso é imbecilizante acho que a população Brasileira não seja tão imbecil assim. Temos que suportar um didatismo exagerado de uma grande mediocridade com exeção de alguns que se aventuram na internet e criam charges coisas de artistas. Pena que se perdem na caretice de uma política que não leva esta pátria muito longe. O Brasil não deve ser um pais pré-fabricado onde governos inventam formulas mirabolantes nem todos os problemas da sociedade serão resolvidos pelos prefeitos eleitos. Nestes pais só há dois grupos á esquerda? Que me parece mais é centro. E a direita. E ai quando assistimos os horários políticos tudo se faz igual? Já me lancei numa busca vã de buscar uma  alternativa dentro de um partido , mas os vícios são tamanhos que dei conta que é uma grande bobagem estar em algum partido. As promessas conformistas foram tantas que nenhum prefeito ou câmara de vereadores ousarão mudar ? E nossas cidades precisam de mudanças e não as terão. A educação esta presa somente a alguns pensadores. A cultura se atrela as migalhas do poder. Não há artistas que queiram se ver livres do poder público seja ele municipal, estadual ou federal todos querem um pedaço deste queijo podre. Tento me livrar deste torpe labirinto pensar alem desta mediucridade , mas estou cada vez mais sozinho. E não quero  as mas companias. E arte nisto tudo? Sem novas propostas envolta no que chamam de Ação Cultural ou Arte Educação? E nunca vemos uma reflexão que gere mudanças? A ultima novidade é o Rap ,mas já se conformarão. E ai cara pálidas? A America Latina não cria uma nova identidade? Só na política com Hugo Chaves e o PT de Lula que faz um discurso conformista? Precisamos mudar o Brasil e esta América Latina e não vemos nenhuma proposta inovadora de economia, arte, educação. Ninguém pensa nestas América Latina? E a arte se dá com  projetos, Ongs, Ocips e todas as amarras que mantem o comodismo? Precisamos nos repensar. Ir alem criar um cinema que não seja a repetição das novelas da Globo ou um cinema nos moldes Holioodianos? Uma música que nos reflita. A sociedade anda muito certa muito correta. Em brigas vã no Facebook. Somos obrigados a refletir o passado com o cinema novo. E a tropicália e mais dezenas e centenas de manifestos. E nos dias de hoje é projetos ? Nada de arte. Artista é alguém em franca extinção. Ou bem isolado pela sociedade.O mercado cultural engoliu as rebeliões sociais. O Partido com sua tola mediocridade manda e os tolos bossais obedecem. Ninguém ousa respirar. O ar se intoxica de bajuladores. Esta posto um Reis deposto e novos Reis com velhas idéias torpes. E a sociedade nunca se transforma. E o poder se mantém os donos das empreiteiras cada vez  mais ricos. E ao povo só um velho pedaço de pão e a ilusão de que com o voto mudou. E tudo sempre igual. Nada novo no Front a maquina será trocada e as engrenagens do poder será  sempre as mesmas. Estou completamente fora. Não sou o bobo da corte.Nem o palhaço a ajudar a manter este circo de horrores. Quem ousa gritar nestes dias onde a chance de se empulheirar num cabide é bem grande?  Quem ousa tentar voar ... Quem ousa trasformar-se em borboleta? E voar alem de um sistema carcomido sem chance  reais de rebeliões palmas aos senhores do poder. Eles continuam no poder. E ao povo a vã ilusão.    


JOKA
joão carlos faria  
                     

Nenhum comentário: