Seguidores

terça-feira, 11 de setembro de 2012


JOKA

Pós 11 de Setembro...

E  esta América ... Vil América estuprada e rasgada pelos Europeus ... Espanhóis, Portugueses ... Afinal esta América de hoje quintal ... periférica ... Uma Zona de construção de uma nova humanidade ....
                         Tropicália ,,,, A canalhice reina ... E o amor se faz urgente ... Ventos adentram ao meu quarto ... E tudo se faz .. E tudo perto nas Minas Gerais ... E as botinas dos Bandeirantes que fizeram a agonia de vários povos indígenas ... Sempre um massacre ... E um calar ... E minha terra gentilmente  deflorada ... Num estupro colossal...
    E o silencio num berço esplêndido... E as periferias são as novas senzalas... Não há sinal de fumaça ... E sim a comunicação virtual ... Sem pedras no caminho ... Sem grandes meios de comunicação ... E a juventude se manifesta ... Nas periferias . De forma anárquica ... Louca ...Há gente inconformada ... Num brado forte ... Minha pátria não se resume a futebol, samba e festa na laje.... Há muita gente na grande periferia dominando a alta cultura ... Em favor de uma grande transformação social ... Temos uma cultura Afro, Indígena, Latino Americana??? ... Não temos nossa própria maneira de se vestir de fazer arte ... De construir uma economia que seja solidária ... É hora de uma retropicália ... De novos manifestos ... De uma língua construída a partir de nossa periferia ... Que seja centro ... Que os bairros do povo não sejam clandestino ... Que a tecnologia ... O saber esteja em todos os lugares ... Caminhemos além de Marx, Vygosky  comecemos a pensar a partir dele. Fazemos nossa critica ... Reflitamos e vamos além para que surja uma educação que não seja a representação e manutenção do estatus quor... E de um sistema moribundo ... Que nasça uma arte... Que venha do povo... E que o povo se torne pátria ... Façamos da ciranda ... Nosso real hino ... Construamos uma civilização humana, anárquica ... Economicamente criativa ... Sem as prisões do modo ocidental Europeu ... Que se finda o velho ... E do Kaos se faça o novo ...

JOKA
joão carlos faria     

Este texto nasce da comemoração solitária do livro coletivo Seis Passos para o Abismo lançado em 11 de Setembro de 2002.
Por JOKA, Franklin Maciel, abda Almirez, Marcelo Planchez, Solfidone ... Dez anos depois e o livro não aconteceu ... E esta ai acontecendo ...

Nenhum comentário: