Seguidores

sábado, 28 de abril de 2012


JOKA

A GRANDE TORRE DESABOU ...

E eles correram apavorados quando a ultima trombeta foi tocada. E alguns não escaparam Sodoma havia virado cinzas. E eles se lembravam da ultima noite. E de todos os avisos  que muitos profetas haviam dado.Em Sodoma havia muita devassidão. Tudo era permitido. Tudo é permitido, mas nem tudo se faz necessário. E agora caminhavam sem rumo pelo deserto. E no ar um cheiro de queimado. E muitos e muitos gritos. Seguiram pelo deserto por muitos dias. Mas há morte veio e os levaram. E as suas vidas foram repassadas de uma vez. E tudo se esvaiu. E que sobrou da lição de Sodoma?  Se o homem atual continua a repetir os velhos erros. Julgamos-nos criadores da ciência. No dia a dia negamos a real presença de Deus entre nós. E ele esta presente em tudo. E fazemos pouco caso de sua presença para simplesmente saciarmos nossos desejos para manter e lutar por uma vidinha de consumo e de classe média. Enquanto os injustiçados sempre estão ai. E a sociedade faz pouco caso. Somos uma sociedade hipócrita. O preconceito contra pobres,negros, árabes, judeus. Tudo que é diferente do padrão ocidental vendido pelos norte americanos. E todos somos vitimas e algozes. Ninguém ousa refletir, pensar e agir. E por isto já não somos tão diferentes de Sodoma. Estamos muito longe de Deus. E isto nos faz sentir mal. Não falo de Deus aqui no sentido das religiões. Que se perdem e se fazem marketing de si mesma. Mas do Deus real que nos habita. E cria o Universo a todo instante. E por isto as crianças e a juventude esta sem rumo. E vários tipos de violência imperam em nossa sociedade e não sou o primeiro nem o ultimo a chegar a esta reflexão Leon Tolstoi já no século dezenove percebia isto tudo. E agora em pleno século vinte um. Perdemos o rumo. As teorias políticas e ação política se perderam. Ainda fingimos nos interessar pelas eleições, mas no fundo sabemos que nada mudará se não mudarmos nossas ações políticas. E já não há líderes cabe a cada um de nós apenas se descobrir. Não há um caminho é uma só filosofia a seguir cada ser humano tem sua historia e sua cultura. Basta se desvendar. Diógenes ficaria louco ou tão perdido quanto cada um de nós. Mas Deus nos habita e fará uma luz surgir. Já não vejo a sociedade se transformando através de movimentos. Ninguém mais quer se juntar a nenhuma causa. Todos desconfiam de todos. Falamos muitas línguas e não conseguimos entendelas. A grande torre desabou. E como um raio caímos e nos separamos não há mais um só povo. Mas sim uma grande multidão de homens e mulheres perdidos pelas cidades. Tropeçando o tempo todo em seus egos. Cultivando a vaidade de se achar. Mas não o somos ainda não o somos, não nos reconhecemos quando nos vemos no espelho. E por isto Clarice presa dentro do espelho. E o espelho a se refletir. Desespera-se e vê-se medusa. E olha-se no lago. Acha-se bela e se afoga no lago como Narciso. Somos uma civilização narcisista. Demagógica e que nunca se vê diante de um espelho. Pois não nos esforçamos para ver  a luz que nos habita. E achamos que teremos destino diferente de Sodoma?  

JOKA

joão carlos faria



Nenhum comentário: