Seguidores

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012


JOKA

Sombra por entre uma fresta a luz ...

Liberdade é um desafio  que se constrói todos os dias. Na luta pela sobrevivência. Corremos sempre todos os riscos. Adentramos ao universo de existir. Somos pipas a voar soltas devemos nos tornar águia  que sabe por onde voa. A vida flui em dores reais e metafóricas. A noite  se faz. E vôo em minha imaginação. Vôo em busca do que ainda não sou. Passos em falso. A perna treme  irei saltar o abismo. Jesus Cristo este seu amar ao próximo é algo tão difícil nos dias em que vivemos. O ódio cega. Organizamos-nos em religião. Em estado e governos. Nossa burocracia é injusta aos mais fracos. A sede pelo consumir nos corrói e nos afasta de nossas essências. Liberdade se perde em ausências de sentido. Sem  Tu sem Deus não somos nada. Ai ai ai de nós que vivemos em corpos que não tem alma. Sedentos do sangue do próximo. Que não vemos que somos nós mesmos. Para que tanto um supermercado de religiões que de fato não une o ser humano ao seu divino?  Somos hipócritas e seremos arrojados  no inferno para sermos queimados vivos. Quero chegar ao real e tudo me é dor. Ausência de luz. Só sombras. Quero sair deste maléfico labirinto. Chega ha dor nos corrói e não nos deixa ver uma simples fresta de luz. A justiça ainda se fará.    

JOKA
joão carlos faria

Nenhum comentário: