Seguidores

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

http://entrementes.com.br/?p=3546#comment-668


JOKA

Vamos Celebrar o Renascimento da Poesia

Ola Dailor e ai curto sua coluna , mas cadê sua obra poética para apreciarmos? Deve ter uma imensidade de leitores mundo afora querendo saborear sua poética. Estamos ai no aprendizado da literatura cometemos mais erros que acertos. Mas isto importa? Suas crônicas diárias são ótimas. Mas falta sua poesia. Vivemos numa cidade que faz. E quero fazer cinema, literatura. Enfim respiramos arte. Sem ela a vida é bem monótona.Acho que falta ao povo se encontrar pessoalmente para debater suas criações até o fundo. Para discutirmos dificuldades comuns. Exemplo como escolher os textos certos para um livro. Linhas editorias. Geralmente hoje falamos de plataforma da UEB. E nos falta debater como se cria um texto profundo.Quais as técnicas para se fazer um romance. Um bom poema? O que é um bom poema no século vinte e um? A poesia lírica no texto ainda é pertinente? Porque um soneto pode ser ultrapassado? Há regras? Por isto dei uma parada,  em minha prosa sempre esta a poesia. Aprendi muito lendo Guimarães e falta isto hoje na cidade já que já teve.Das pessoas que citou Reinaldo de Sá aprendi muito com ele na Comissão de Literatura. Com o Reinaldo a apreciar um por de sol. Com a Juracy a ser bem critico. Até a Irmandade Neo Filosófica de 2002 prá cá vi desaparecer estas discuçoes hoje só converso isto com Elizabeth Souza, Frankilin Maciel.Esta troca envolta de uma fogueira nos faz falta. Estas trocas em praças públicas todos despidos de nossa vã vaidade nos faz falta. Tem um café próximo a Etep onde penso em chamar o povo.Quem sabe. Necessitamos de um coletivo com artistas das várias áreas, isto faz falta na cidade. O resto é passageiro.Mas a troca entre pessoas que gostam de arte, literatura. Nunca vai ser passageiro.Acho que pela qualidade e quantidade de artistas que há na cidade da pra se ter um Núcleo de Produção de Cinema, alguma editoras. E um bocado de outras coisas culturais. Não somos só  a cidade da tecnologia. Mas hoje carecemos de um contato humano mais próximo para realizarmos o Nelson e  a Ednalva estão na Praça Afonso Pena um ótimo lugar tem até um Sebo aqui na Vila Tatetuba que devo freqüentar mais. Estamos ai para fazer do sofisticado algo simples. Estou na labuta para selecionar novos textos para um livro. E já não há  pessoas para conversarmos sobre estas coisas. Acendemos nossa lanterna e procuremos homens e mulheres para recomeçar o caminho. A juventude toma conta da nossa câmara municipal. Vamos lá. Vamos a vida Celebremos ao Renascimento da Poesia e do Humanismo.
Dailor e Máh um grande abraço.     
Vamos Celebrar o Renascimento da Poesia e do Humanismo.

JOKA
joão carlos faria

Nenhum comentário: