Seguidores

quinta-feira, 20 de outubro de 2011


Baudelaire e Keith Richards
Posted by dailor on October 18, 2011
http://entrementes.com.br/wp-content/uploads/2011/10/dailor1-300x225.jpgPor Dailor Varela…
Todo artista, poeta deve ser um guerrilheiro, um “terrorista” contra a porcaria das regras sociais impostas por esta sociedade cretina em que vivemos. Não acredito em poeta, cuja vida é familiar e bem comportada. dirão os leitores que um João Cabral de Melo Neto, por exemplo tinha uma vida cotidianamente bem comportada.
Enganam-se. Apesar da sua sisudez, João Cabral guardava dentro de si uma insistente “loucura”. Pra mim todo artista deve ser um anarquista escachado. Exemplos disso foi o poeta francês Baudelaire, que todo mundo sabe foi um pirado em rotação.  Keith Richards, dos Rolling Stones é certamente um exemplo mais radical deste anarquismo e mau comportamento. Seria impossível que ele tivesse um bom comportamento existencial. Fazendo da sua vida uma contravenção Keith Richards é pra mim um ícone do anarquismo e do mau comportamento. Um poeta de vanguarda, meu amigo, em Natal me dizia sempre que não podia conceber quem praticasse uma poesia revolucionária e vivesse “caretamente” no seio da família.
“A família atrapalha a arte” disse um poeta de São José dos Campos, que não cito o nome para não queimá-lo diante dos covardes e bem comportados poetinhas da terra de Cassiano Ricardo.
JOKA
De Dailor  a Nietze.
Grita Nietz É necessário possuir um Kaos dentro de si para dar a luz a uma estrela brilhante.  

Dailor é um provocador nato. Dos bons já rasguei jornais dele em bibliotecas. Os membros da Irmandade Neo Filosófica também rasgaram uma edição do LITTER. Este é Dailor acho que falta em nossos interiores não só aqui no Vale uma política de criação de editoras,gravadoras,produtoras de cinema.Acho louvável os Pontos de Cultura mas algo tímido diante da imensa possibilidade do novo que pode e há no interior deste pais. Sim falo de uma política pública séria e eficiente para a cultura deste Brasil. Porque não um fundo de cultura nacional? Para dar frutos. Sei que o texto de Dailor em seu desabafo fala de um comportamento anárquico , mas talentos a que ele se refere são raros. É muito difícil ver surgir os Oswald de Andrade, Cazuza, Renato Russo, Glauber. Temos ai vivo Caetano, Gil, Chico eles sobreviverão a tudo e a todos. Tico Santa Cruz se esforça , mas não alça este vôo. Coisa que Lobão faz bem. Mas hoje identifico sua revolta num viés de direita nunca assumida. Como a de Arnaldo Jabor. É doloroso assistir aos Clipes no Canal Brasil e ver aquelas coisa acomodadas e ver talentos como Ale Freitas aqui do Vale do Paraíba fora de foco. O cara tem muita qualidade e por ser aqui do interior não tem o merecido espaço. Sei que faltou certa direção em sua apresentação num teatro ,mas isto é de menos. Aqui no Vale temos uma infinitude de talentos que nunca virarão estrelas. Será que os fazedores de opinião neste pais são tão democráticos assim?  Mas carece por aqui uma noção de profissional idade que no grupo Teatro da Cidade não falta sobre a batuta de Claudio Mendel este grupo se firma na cena nacional de teatro. O que nos falta? Sim falta nos dinheiro para produzir. Faltam financiamento e incentivo de governos. Dilma poderia orientar via o Ministério da Cultura o BNDES para se financiar a produção cultural do interior deste imenso Brasil. O governo faz isto financiando as rádios e repartindo as verbas. Porque não na indústria cultural?  Talvez falte esta visão aos produtores de cultura do Vale e do resto do pais. Buscar formas de financiamento para que produções regionais de arte e cultura se difundam pais afora.No mais vamos fazendo nossas produções caseiras. Sem infra enquanto não nos vem o apoio necessário a construção de uma nova identidade de arte e cultura nestes pais. Os militantes do PT agiram bem ao lançar o debate do marco regulatório das comunicações vamos ver se o debate vai pegar? No mais estamos ai atentos. Eu aqui em minha vidinha familiar e acomodada. Prefiro assim , pois os conhecimentos que estou adquirindo nesta vida me dão a base para aprender a pensar e agir com mais vigor e realmente tentar fazer nascer uma estrela dentro de meu coração.

JOKA
joão  carlos faria      



Nenhum comentário: