Seguidores

segunda-feira, 5 de setembro de 2011



   
JOKA

 Tartarugas podem voar.

Café sem açúcar, filme Iraniano sem legenda.Levantando as seis da manhã para ir a rádio. Num sábado quando sai frustrado de um teatro por não poder assistir a peças de teatro que custa trinta reais e sempre foi gratuito ao público encontro com uma figura que me contou que alguém não conseguia levar a namorada para a cama e ela propôs para que dormissem nus num motel e não fizesse sexo. Continuei andando como canta a música de Léo Mandi. Pela João Guilhermino e derrepente num chafariz enfrente a uma faculdade de direito. Um homem diante de meus olhos e de todos que passavam de carro se despe e entra nu no chafariz. Sim algo inusitado que retrata a violência social e a exclusão social vigente nesta cidade e em todo o pais.As pessoas perdem seus direitos e entram numa exclusão que os leva a estas barbáries.Isto não é nunca foi poético não devemos nos silenciar diante desta covardia que se faz em nossa sociedade com o ser humano.Cabe ao poder constituído garantir, trabalho,moradia, educação,cultura a todos os brasileiros. E nossos desgovernantes não o fazem.Os vereadores e prefeitos de minha cidade só votam leis que os beneficiam e prejudicam cada vez mais nossa população. Em nossa periferia as pessoas moram em terrenos irregulares, sem direito a transporte de forma decente.Sem acesso a internet. Sem estruturas básicas. E nos sempre nos calamos agora a Juventude em minha cidade SÃO JOSÉ DOS CAMPOS. Começa a se manifestar nas seções de câmara.Não devemos nos calar não devemos silenciar diante de toda estas injustiças sociais.Devemos nos manifestar das mais diferentes maneiras. Em qualquer meio de comunicação que tivermos acessos. Devemos esclarecer nossos familiares,amigos,vizinhos,colegas de trabalho. Esta cidade este pais é nosso.Nos somos a cidade o pais. Os centros como as periferias estão cada vez mais inseguros cada vez mais perigosos.Eu assisto a isto e jogo milho aos pombos não posso, cruzar os braços nem você pode. Devemos nos manifestar usar o sagrado Verbo.Pensar e propor soluções, criar estratégias.Devemos assassinar o eu de nossa covardia eliminando e sermos guerreiros.Se nos silenciarmos seremos coniventes com esta barbárie que nos cerca. Só nos resta o canto de guerra, a ciranda da luta. E a força de buscar criar uma nova civilização que nos traga o amor a honra e a justiça e trabalho.

        JOKA
        joão  carlos faria     
             

Nenhum comentário: