Seguidores

domingo, 27 de março de 2011


JOKA

Muitas cascas de Banana ao que esta estabelecido ...

Dedicado a Edu Planchez

Buscar o novo numa sociedade que só quer manter o velho. É pedir para ser execrado. Vivemos numa época sem revoluções com exceção a do oriente médio é claro. Mas aqui nestes Trópicos nada novo surge. Nas artes só o cinema inova e enquanto indústria de entretenimento. Não vemos ninguém com experimentalismos. E ai os poetas de hoje não se fazem ouvir. Como mudar? Ainda não temos nenhuma formula mágica. O jeito é ir batalhando. Também nossa sociedade só encherga a arte como produto de mercado. Não se vê como mudanças. Se quisermos refletir o mundo temos que ler um filosofo como Nietzsche que está firme e forte nas prateleiras de educação das livrarias. Ontem o achei lá quando pesquisava sobre educação. Não há luzes no fim do túnel não vejo a internet fazer brilhar as mentes inteligentes e sóbrias dos dias atuais. Não me sinto tão desinformado assim para não achar um cheiro de revolução no ar? Nos anos noventa ingenuamente produzimos o LITTER um jornal dentro de uma fundação cultural. E fomos caçados como ratos. E com a internet disparamos tantos tiros que nunca atinge alvo nenhum? Nossas vozes não se fazem ouvir? Mas mesmo assim caímos e sempre tentamos levantar. Mas já não consigo visualizar nenhuma estratégia nova? Mas cabe a quem faz arte ressurgir das cinzas. E atirar nossas flexas. Nossos escritos, nossas músicas quem sabe nossos filmes. Dias destes fiquei sabendo que torceram o nariz quando viram um poema de minha autoria e daí ? Bola para frente temos o mundo para conquistar. Nem escrevo mais poemas. Sempre me fiz presente e continuarei presente. A vida é muito curta para deixarmos de viver. Minha cidade é muito pequena diante do mundo que ainda conquistaremos o poeta Edu Planchez numa sala de literatura um quartel general de gente que não quer ser comum. Fez um cartaz turnê mundial da Ursa Maior. É isto conquistemos o mundo. Um amigo nosso em comum disse que Edu se quiser chega a qualquer cidade deste planeta de Cingapura a Nova Yorque  se dá muito bem. Então vamos em frente Cesar Pop esta retomando a Rádio Aguapé que a leve para todo Brasil porque não numa praia do Rio de Janeiro? Nos somos muito mais que uma cidade caipira do interior de São Paulo somos universais. E como declamava Edu o centro é onde quer que estejamos. E no tempo que estejamos. Tá na hora de reunirmos os homens e mulheres que tem alma de guerreiros e fazermos uma verdadeira revolução cultural nestes pais. O povo ÁRABE nos mostra que é possível. Tenhamos fé , pois somos jovens e rebeldes de espírito. Ainda que hoje sejamos já senhores e senhoras. Banana muitas cascas de Banana ao que esta ESTABELECIDO o novo urge somos almas de DIAMANTES. Somos livres e libertários. Centuriões do LITTER. A vida não acaba nem quando trocamos de corpo. A revolução se faz no presente. No dia de hoje só existe o hoje. O amanhã e o passado é uma mera ilusão. Sejamos o hoje.

JOKA
joão carlos faria      

Nenhum comentário: